A missão do Embaixador da Argentina no Brasil: viabilizar Vaca Muerta

O Embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli, tem se reunido com todo mundo que pode no governo brasileiro. Apesar das enormes diferenças entre Alberto Fernández e Jair Bolsonaro, ele acredita que o discurso de complementariedade é suficiente para convencer o Brasil a embarcar no projeto de viabilização de Vaca Muerta.

Desesperada por investimentos, a Argentina está dando um novo impulso à construção de um gasoduto multimilionário que pretende transportar suas reservas de gás de xisto para o Brasil. No dia 10, ele se reuniu com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para tratar do tema. A ideia é que Vaca Muerta abasteça a indústria brasileira, proposta que encontra muitas resistências não apenas dentro do governo, mas também junto ao setor privado.

Apesar da cordialidade nos diálogos, Scioli ainda não conseguiu o principal: convencer os membros mais importantes do governo, incluindo o presidente Jair Bolsonaro, de que é possível haver uma relação de confiança entre o Brasil e a Argentina. A sombra de Cristina Kirchner e o fechamento da fronteira de forma sistemática, são fantasmas que ainda estão presentes no imaginário brasileiro. Além disso, ninguém quer depender de Buenos Aires para produzir. Já basta a dependência do gás boliviano.

Marcelo Rech – 16/09/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *