Brasília, 18 de outubro de 2018 - 18h27

Inteligência

25 de abril de 2012
por: InfoRel

Brasília - O Brasil nunca esteve tão suscetível a um ataque terrorista como agora, com a realização dos grandes eventos internacionais que acontecem no país entre 2013 e 2016. A afirmação é do diretor de Contraterrorismo da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Luiz Alberto Sallaberry.



Ele participou da audiência pública promovida pela Comissão de Controle das Atividades de Inteligência (CCAI), do Congresso Nacional, realizada nesta terça-feira, 24, na Câmara dos Deputados.



O evento reuniu especialistas civis e militares em torno da preparação do Brasil para os grandes eventos e a percepção do país sobre as ameaças que se impõem.



De acordo com Sallaberry, "desde o descobrimento do Brasil não tivemos atentados e nunca fomos alvo. Mas, pela primeira vez em nossa história, vamos sediar grandes eventos - o que nos coloca numa situação de vulnerabilidade sem precedentes. Não estamos aqui com mensagem alarmista, mas, no contexto atual, não houve momento mais propício para atos terroristas no país".



A presidente da CCAI, deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), afirmou que o Congresso irá monitorar e fiscalizar as ações dos órgãos de inteligência quanto à preparação do serviço secreto para os grandes eventos.



Ela está preocupada não apenas com os eventos esportivos, mas também com a Jornada Mundial da Juventude que acontece no Rio de Janeiro entre 23 e 28 de julho de 2013 e terá a presença do Papa Bento XVI e mais de 4 milhões de jovens do Brasil e do exterior.



Na avaliação do procurador de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, Denilson Feitosa, a situação da Inteligência no país é muito grave. "Não estamos preparados hoje para os grandes eventos, como a Copa do Mundo. A Rio+20 é um grande evento, com a presença de chefes de Estado, e o Brasil não está preparado para isso", afirmou.



Pós-doutor em Inteligência, Segurança e Direito, ele criticou a falta de uma Política Nacional de Inteligência. "Tivemos casos de febre aftosa depois de 20 anos como zona livre da doença. A Base de Alcântara explodiu e até hoje ninguém sabe o que aconteceu. Esse fato atrasou nosso Programa Espacial em dez anos", lembrou. Para Denílson Feitosa, a incapacidade de identificar ameaças afeta a economia brasileira.



Defesa Cibernética



Para os representantes das forças de segurança e inteligência federais os ataques às redes de computadores devem ser uma das maiores preocupações na segurança dos grandes eventos que ocorrerão no Brasil.



Para o subchefe de Operações da Chefia de Preparo e Emprego do ministério da Defesa, brigadeiro Gerson Nogueira, um único hacker pode pôr fim aos grandes eventos ao invadir o site de uma empresa aérea.



"Estamos trabalhando para combater esse tipo de crime que vai gerar um caos muito maior do que matar pessoas", afirmou.



Já o consultor legislativo do Senado e especialista nas áreas de Defesa, Relações Internacionais e Inteligência, Joanisval Brito Gonçalves, preocupa a preparação das forças de segurança para combater possíveis atos terroristas.



Na sua opinião, organizações terroristas poderiam usar os grandes eventos no Brasil para dar mais visibilidade a suas causas.



"A imagem que fica de Munique é de um evento que deveria ser marcado pela alegria e foi de terror e incapacidade das autoridades públicas", disse, ao lembrar as Olimpíadas na cidade alemã em 1972, em que 11 atletas israelenses foram mortos.



Para a deputada Perpétua Almeida, "temos uma debilidade na discussão de uma Política Nacional de Inteligência que, na minha opinião, não existe", afirmou.



Atualmente, o Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) é composto por 26 órgãos de 13 ministérios. A coordenação da Inteligência é da ABIN, mas a cabeça do sistema é o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI).


Warning: pg_exec(): Query failed: ERROR: invalid input syntax for integer: "" LINE 1: SELECT * FROM inforel.categoria_noticias WHERE id = ''; ^ in /home/inforel/www/classes/categoria_noticias.php on line 104

Warning: pg_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/inforel/www/classes/categoria_noticias.php on line 106

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...