Brasília, 18 de novembro de 2018 - 11h23
Acordo de cooperação em Defesa Brasil – Reino Unido chega ao Congresso

Acordo de cooperação em Defesa Brasil – Reino Unido chega ao Congresso

03 de maro de 2018
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Brasília – O governo brasileiro enviou nesta semana à Câmara dos Deputados, o texto do acordo de cooperação em matéria de Defesa firmado entre o Brasil e o Reino Unido em setembro de 2010, e a sua emenda, celebrada, por troca de notas, em 31 de julho de 2017. Inicialmente, a matéria será apreciada pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN).

Segundo o texto, o acordo tem como propósito promover a cooperação em assuntos relativos à defesa, especialmente nas áreas de planejamento, pesquisa e desenvolvimento, apoio logístico e aquisição de produtos e serviços; o intercâmbio de tecnologia militar, inclusive com visitas recíprocas de cientistas e técnicos; o intercâmbio de experiências e conhecimentos em assuntos relacionados à defesa; educação e treinamento militar; e cooperação em outras áreas de interesse mútuo no campo da defesa.

O acordo teve, no entanto, seu processo de aprovação sobrestado em razão de sua incompatibilidade com a Lei de Acesso à Informação (LAI), em vigor desde novembro de 2011. A LAI eliminou do ordenamento jurídico brasileiro a categoria "confidencial" no tratamento de informações classificadas. “Como muitos países mantiveram esta denominação de sigilo em seus ordenamentos jurídicos, houve incompatibilidade de termos em acordos com o Brasil, que se encontravam assinados, e que cabia ser sanada mediante emenda a instrumentos legais que tratam do assunto”, explica o Itamaraty.

Nesse contexto, a solução encontrada foi a adaptação do instrumento do acordo à LAI com a celebração de emenda, por meio de troca de notas, ao artigo 5° do instrumento de cooperação, acabando com qualquer menção ao termo "confidencial" e estabelecendo que ambos os países celebrarão acordo específico para a troca e proteção mútua de informação sigilosa.

No entanto, o governo brasileiro ressalta que o acordo de 2010 e sua emenda deverão entrar em vigor ao mesmo tempo. Ficou acertado que Brasil e Reino Unido não proverão a terceiros qualquer informação sem prévio consentimento, por escrito, da outra Parte e que o acesso à informação classificada será limitado a pessoas que tenham necessidade de a conhecer e que estejam habilitadas com a adequada credencial de segurança expedida pela autoridade competente de cada Parte.

Ano Conjunto de Ciência e Inovação

No dia 26 de fevereiro, Brasil e Reino Unido decidiram reforçar sua parceria científico-tecnológica lançando o primeiro “Ano Conjunto de Ciência e Inovação”. Durante os próximos doze meses, a iniciativa celebrará a cooperação em curso entre pesquisadores e empresários inovadores de ambos os países, com uma ampla agenda de eventos, missões conjuntas, seminários, mesas redondas, palestras, bem como oportunidades para empresas “start-ups” e financiamento de pesquisa para projetos bilaterais.

De acordo com o ministério das Relações Exteriores, alguns destaques do ano incluem chamadas conjuntas entre agências de financiamento brasileiras e britânicas, palestras de prêmios Nobel britânicos no Brasil e ocasiões para cientistas e empresários mostrarem os resultados de seu trabalho, desde o sequenciamento do vírus Zika até agricultura avançada.

Um evento de pré-lançamento foi realizado em 27 de fevereiro no Museu do Amanhã, com a chegada ao Rio de Janeiro do James Cook, navio de pesquisa britânico. O lançamento oficial será realizado em Brasília, em março, quando a programação completa será anunciada.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...