Brasília, 07 de abril de 2020 - 10h57
Agência espanhola apresenta oportunidades para investidores mineiros

Agência espanhola apresenta oportunidades para investidores mineiros

02 de setembro de 2019 - 08:45:23
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília - O Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) recebeu, na terça-feira, 20, representantes do governo da Espanha para a realização de seminário onde foram apresentadas as oportunidades e parcerias entre Minas Gerais e a Espanha. O conselheiro econômico e comercial da Espanha em São Paulo, Ramon Guzman Zapater, apresentou a agência ICEX Invest Spain e alguns dos programas de apoio às empresas estrangeiras.

O presidente do Conselho de Política e Mercado Internacional da FIEMG, Fabiano Soares Nogueira, afirmou que a visita reforça os laços de cooperação entre os países, por meio da busca de oportunidades de investimento entre Minas Gerais e a Espanha. “O Brasil e a Espanha são parceiros estratégicos. Os espanhóis são os principais investidores estrangeiros no Brasil. Essa colaboração se traduz em investimentos e empregos para as duas nações. O Brasil é o segundo destino dos investimentos espanhóis, cerca de US$ 60 bilhões. Nas importações espanholas, nossa participação chega a US$ 5,4 bilhões e Minas contribui com 6% desse total”, contextualizou Nogueira.

A assessora de Cooperação Nacional e Internacional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Maria Bueno Barbosa, afirmou que o governo estadual tem se esforçado para trazer investimentos e ainda contribuir para que as indústrias instaladas prosperem cada vez mais. “Nós estamos trabalhando para trazer investimentos para o estado, pois Minas Gerais é um lugar de oportunidades, temos mão de obra qualificada, uma indústria competitiva, economia criativa, entre outros diferenciais. Queremos atrair investimentos para cá e ainda proporcionar às nossas indústrias oportunidades de internacionalização”, reforçou Barbosa.

O Brasil é um dos cinco países estratégicos para os investimentos da Espanha, de acordo com Ramon Guzman Zapater. O conselheiro econômico destacou também que as empresas mineiras que tiverem interesse em desenvolver seus negócios na Espanha, terão uma porta de entrada estratégica para a Europa, Ásia e África.

“Somos o terceiro país favorito para receber investimentos na Europa. Isso mostra que os investidores consideram as vantagens do nosso mercado. Somos um bom parceiro, pois temos raízes culturais, históricas e linguísticas comuns com o Brasil. O ICEX pode apoiar as empresas brasileiras com interesse em internacionalização comercial, na busca de pessoas, em pesquisa do mercado espanhol. Além disso, emitimos vistos especiais para investidores, oferecemos uma boa infraestrutura, incentivos fiscais e importantes centros de qualificação de mão de obra”, enfatizou Zapater.

Pesquisa e Tecnologia

O Sistema Nacional de Inovação da Espanha foi apresentado pela diretora do Centro para o Desenvolvimento Tecnológico Industrial (CDTI), Maria Del Pilar de Miguel Ortega. Segundo ela, o CDTI está à disposição das empresas brasileiras. “Se a empresa do Brasil vai para a Espanha, ela pode se aplicar em um dos programas do CDTI. São 90 países que têm acordo de cooperação conosco e o Brasil também tem. A Espanha quer fazer pesquisa com muitos países e o Brasil é um deles”, afirmou Ortega.

Os empresários mineiros que participaram do seminário puderam ainda conhecer as possibilidades de seguro de crédito da Cesce Brasil, seguradora de origem espanhola. A empresa oferece apólices que ajudam na proteção das vendas a prazo, garantindo o recebimento de vendas para o exterior, por exemplo, e ainda alavancando as vendas. Segundo o superintendente Comercial da Cesce Brasil, Moacir Tosin, “buscar vendas no exterior é a primeira forma de internacionalizar o negócio”.