Relações Exteriores

FAB lança projeto para fortalecer aviação militar
12/07/2006
Especialista reconhece ameaça das armas nucleares
13/07/2006

Rebelo cancela visita ao Reino Unido e à China

Aldo Rebelo cancela visita ao Reino Unido e à China

O presidente da Câmara dos Deputados, deputado Aldo Rebelo (PCdoB/SP), deveria embarcar nesta quinta-feira para o Reino Unido e a China, mas a viagem foi cancelada por que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), não foi votada e o Congresso não pôde entrar em recesso.

Em discurso no Plenário, o deputado Max Rosenmann (PMDB/PR), criticou a viagem. Segundo ele, “infelizmente, o presidente da Câmara, que promete permanentemente fazer economia, está indo por sua conta fazer uma viagem histórica para conhecer os comunistas da Itália (sic) e da China, a fim de matar a saudade dos comunistas que nem existem no mundo, apenas na sua cabeça”.

Em Londres, Aldo Rebelo faria palestras sobre a situação política e econômica do Brasil e as perspectivas do país diante das eleições presidenciais, no Canning House, instituto que realiza estudos sobre a América Latina.

Também participaria de reunião do Grupo Inter-Parlamentar de Amizade Reino Unido-Brasil e de de reunião com empresários da Câmara Brasileira de Comércio na Grã-Bretanha, onde faria uma exposição sobre a situação econômica do Brasil e o papel desempenhando pelo Congresso Nacional quanto às reformas estruturais.

China

Antes da viagem a Pequim, Aldo Rebelo visitaria a cidade de Xangai e econtraria com o cônsul-geral do Brasil, João de Mendonça Lima Neto, além de participar de um café-da-manhã com empresários dos setores de eletrônica, informática e siderurgia e de visitar o porto de Yangstan, um dos maiores do mundo.

Em Pequim, estava prevista a assinatura de acordo de cooperação entre a Câmara dos Deputados e a Assembléia do Povo. No dia 20, Aldo Rebelo teria audiência com o presidente chinês, Hu Jintao, e com a vice-presidente da Assembléia do Povo, Gu Xiu Lian.

Pela programação, Aldo Rebelo pretendia visitar as obras da Vila Olímpica de Pequim, onde serão realizados os Jogos Olímpicos de 2008 e manteria reunião de trabalho com representantes do governo chinês sobre investimentos externos bilaterais.

Esta semana, o ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, se reuniu com Aldo Rebelo quando apresentou os termos do acordo assinado entre o Brasil e a China na área de energia, em junho.

Estados Unidos

Em maio, Aldo Rebelo esteve com o presidente da Casa dos Representantes dos Estados Unidos, Dennis Hastert, em Washington, quando deram início às negociações para um acordo de cooperação entre os dois parlamentos nas áreas de agricultura, ciência e tecnologia, cultura e energia. Além disso, propuseram a troca de informações sobre o programa do biodiesel e o combate ao narcotráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *