Agenda

Negócios
10/06/2016
América Latina
10/06/2016

Comércio Exterior

Aliança do Pacífico aprova ingreso da Argentina com observador

Brasília – Os países da Aliança do Pacífico aprovaram o ingresso da Argentina como país observador do bloco, o que lhe permitirá participar já em 1º de julho da próxima cúpula do mecanismo a ser realizada em Puerto Varas, Chile. A Aliança do Pacífico é integrada por Chile, Colômbia, Peru e México.

O ministro de Relações Exteriores do Chile, Heraldo Muñoz, informou que além de Mauricio Macri, o presidente da Costa Rica, Luis Guillermo Solís, também deverá participar do encontro, além dos mandatários dos quatro países fundadores da AP. Muñoz revelou que a Argentina tem especial interesse em aproximar-se da Aliança do Pacífico e o seu ingresso foi um pedido do presidente Macri.

Muñoz desatcou ainda que o bloco segue atraindo interesses e que outros Chefes de Estado poderiam participar do próximo encontro da Aliança do Pacífico cujas relações externas são prioritárias para o seu fortalecimento como agrupamento comercial.

Mauricio Macri já havia tratado do assunto com os presidentes do Peru, Ollanta Humala, e do Chile, Michele Bachelet, que assumirá a presidência pro tempore da AP a partir de julho. Também em julho, o MERCOSUL deverá reunir-se em Montevidéu para que haja a transferência de mando para a Venezuela. Os dois blocos pretendem intensificar as negociações que permitam uma maior aproximação e cooperação.

A Argentina busca com essa decisão, aproveitar o potencial da AP para ampliar o acesso aos mercados do Pacífico. Em Buenos Aires, a medida foi percebida como uma forma de driblar a estagnação e inconsistência do MERCOSUL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *