Brasília, 17 de dezembro de 2018 - 02h07

Amazônia Protegida prevê o reforço da presença mil

13 de novembro de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Manaus - O governo brasileiro vai ampliar para 51 os pelotões especiais de fronteira nos próximos nove anos por meio do programa Amazônia Protegida. Até 2018, o programa receberá cerca de R$ 1 bilhão. Com isso, o contingente militar na região chegará aos 30 mil. A modernização dos quartéis na Amazônia custará outros R$ 140 milhões.



De acordo com o Exército, este programa abrange um conjunto de projetos voltados para o fortalecimento da presença militar terrestre naquela região, tendo como um dos aspectos mais importantes o aumento da vigilância e do monitoramento na área de fronteira.



O programa Amazônia Protegida foi dividido em duas fases. A Fase I refere-se à implantação de 28 novos Pelotões Especiais de Fronteiras (PEF) na região Amazônica, à adequação da infraestrutura e à modernização operacional dos 21 PEF já existentes.



A Fase II compreende projetos elaborados para reorganizar, reforçar e completar as estruturas operacional e logística do Comando Militar da Amazônia (CMA).



O Comando do Exército destaca ainda que as ações operacionais da força são complementadas por ações de assistência social, com a prestação de serviços médicos, odontológicos e farmacêuticos, além da distribuição de alimentos e o fornecimento de documentação pessoal aos habitantes dessas localidades.



Com o respaldo do ministério da Defesa, o Exército também atua em conjunto com órgãos governamentais federais e estaduais, localizados nas regiões Amazônica e Centro-Oeste.



Esse apoio se dá com o emprego de reduzidos meios em pessoal e material, mas atende, também, aos interesses da força terrestre. A interação com os organismos regionais permite à força, atualizar o conhecimento das potenciais áreas de operações nas regiões fronteiriças.

Assuntos estratégicos

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, o projeto de lei da senadora Ana...
Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Brasília - A fronteira de Foz do Iguaçu com a Argentina será a primeira do...
Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...