Bolívia recebe modernos aviões de interceptação
18/01/2011
O Governo Dilma e os Serviços Secretos
21/01/2011

América Latina é prioridade máxima para o Irã

América Latina é prioridade máxima para o Irã

O governo iraniano pretende fortalecer as relações políticas, comerciais e econômicas com a América Latina, considerada uma “prioridade máxima” para o país.

De acordo com o presidente da Comissão de Segurança Nacional e Relações Exteriores do Parlamento iraniano, Alaedin Boroujerdi, “o Parlamento iraniano se esforçará ao máximo para aprofundar o intercâmbio tecnológico e a cooperação com a região”.

Para o Irã, os laços com a América Latina são “estratégicos e muito valiosos”.

Ahmadinejad considera a região sua porta de saída do isolamento internacional.

Além disso, o país está preocupado com a troca de comando no governo brasileiro e temem que Dilma Rousseff adote uma postura mais alinhada aos Estados Unidos em relação a Teerã.

Antes da posse, ela criticou a política brasileira em relação ao Irã e condenou as violações dos direitos humanos no país.

Dilma sabe que a aproximação do Brasil com o Irã foi a gota d’água no esfriamento das relações entre Brasília e Washington que ela pretende recompor.

Já o Irã entende que a posição do Brasil influencia toda a América Latina e que por isso, não pode prescindir do seu apoio.

Mahmoud Ahmadinejad acredita que a onda de reconhecimentos do Estado Palestino na América do Sul deve ser creditada ao Brasil.

O fortalecimento da presença iraniana na América Latina é um dos principais desafios do novo chanceler Ali Akbar Salehí.

Nota sobre a carta da deputada iraniana Zohreh Elahian
enviada à Presidenta Dilma Rousseff

A Presidenta Dilma Rousseff tomou conhecimento hoje, 18 de janeiro, da carta que lhe foi enviada pela Deputada Zohreh Elahian, Presidenta do Comitê de Direitos Humanos da Assembleia Consultiva do Irã.

Agradece os cumprimentos que a parlamentar lhe dirigiu por sua eleição à Presidência do Brasil, as informações que constam da carta e o interesse em contribuir para um diálogo construtivo entre os dois países sobre temas bilaterais e multilaterais.

A Presidenta Dilma Rousseff reitera a disposição de continuar conferindo à questão dos Direitos Humanos um lugar central em nossa política externa, sem seletividade e tratamento discriminatório.

A Presidenta considera, finalmente, como muito positiva a disposição da deputada Zohreh Elahian de realizar um amplo intercâmbio de opiniões por meio dos canais adequados. Um diálogo com as comissões de Direitos Humanos do Congresso brasileiro poderá ser de grande utilidade nesse sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *