Defesa

Brasil manda mais 900 militares ao Haiti
03/02/2010
EUA espera que Brasil reconheça governo hondurenho
04/02/2010

Aprovado acordo militar entre Brasil e Paraguai

Aprovado acordo militar entre Brasil e Paraguai

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, do Senado Federal, aprovou nesta quinta-feira, o acordo de cooperação em Defesa firmado por Brasil e Paraguai, em 21 de maio de 2007.

Segundo o ministério das Relações Exteriores, o acordo insere-se na prioridade que o Brasil tem conferido à cooperação e integração da América do Sul, sobretudo quanto ao desenvolvimento e à segurança.

Diz respeito, também, aos compromissos de fortalecimento da transparência e confiança mútua assumidos no âmbito da Organização dos Estados Americanos (OEA).

O acordo prevê a promoção de ações conjuntas de treinamento e instrução militar; ao incentivo à cooperação no planejamento, apoio logístico e aquisição de produtos e serviços; ao intercâmbio de pontos de vista sobre as diretrizes do planejamento estratégico e de informações no campo da inteligência estratégica; à promoção de ações conjuntas de formação, capacitação e especialização de pessoal; e à colaboração em assuntos relativos a equipamentos e sistemas, bem como a outras áreas de interesse comum.

Os dois países também pretendem, através deste instrumento, promover a análise conjunta da realidade político-estratégica nos âmbitos bilateral, regional e global e incrementar a cooperação na área da indústria de Defesa, com vistas à produção conjunta de material de uso militar.

Neste sentido, Brasil e Paraguai querem identificar parâmetros comuns relacionados com as respectivas políticas de defesa e doutrinas militares.

Também serão realizadas operações conjuntas de treinamento, manobras militares e será intensificada a participação em missões de paz sob mandato das Nações Unidas.

Atualmente, 30 militares paraguaios integram o Batalhão brasileiro no Haiti.

Escreva para inforel@inforel.org e receba a íntegra do acordo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *