Brasil

Narcotráfico II
14/03/2017
Política
14/03/2017

Política

Argentina, Brasil, Colômbia e Aliança do Pacífico na agenda diplomática paraguaia

Brasília – Argentina, Brasil, Colômbia e Aliança do Pacífico, serão os temas da agenda diplomática paraguaia a partir desta quinta-feira, 16, como forma de ampliar e fortalecer os laços políticos e econômicos daquele país na região. A informação é do ministro das Relações Exteriores do Paraguai, Eladio Loizaga.

Ele anunciou a visita nesta quinta-feira, 16, do presidente da Argentina, Mauricio Macri, ao país e na próxima segunda-feira, 20, do chanceler brasileiro, Aloysio Nunes Ferreira. No dia 26 de abril, será a vez do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, aterrizar em Assunção, mas antes, no dia 9, acontece a reunião de chanceleres do MERCOSUL e da Aliança do Pacífico, esta em Buenos Aires.

Mauricio Macri e Horacio Cartes participarão do encerramento da II Reunião Binacional de Ministros e Governadores Paraguaios e Argentinos da Fronteira Comum. Na oportunidade, será aprovada uma ata com todos os compromissos firmados entre os dois países. O objetivo de ambos é fortalecer o desenvolvimento nas regiões fronteiriças.

“Queremos que esse processo de integração seja dinâmico e benéfico, muito especialmente para aqueles que vivem o dia-a-dia na zona de fronteira, e são os que têm que lidar com os problemas que se apresentam de um lado e de outro”, explicou Loizaga.

Com o chanceler brasileiro, Loizaga afirmou que serão tratados temas da agenda bilateral e regional. Embora não tenha confirmado, é possível que Aloysio Nunes Ferreira tenha de tratar de questões ligadas aos preços pagos pela energia de Itaipu recomprada pelo Brasil. Além disso, devem dar seguimento aos entendimentos visando acelerar as negociações com a União Europeia para um tratado de livre comércio com o MERCOSUL.

Brasil e Paraguai também tratarão de Venezuela. Assunção defende a aplicação da Cláusula Democrática contra Caracas, mas o Brasil ainda acredita que a medida será pouco eficaz, embora classifique o governo de Nicolás Maduro como uma ditadura.

Loizaga destacou ainda que por ocasião do World Economic Forum que se realizará em Buenos Aires nos dias 7 e 8 de abril, os chanceleres dos países da Aliança do Pacífico (Chile, Colômbia, Peru e México ) e do MERCOSUL (Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai), se reunirão em Buenos Aires no dia 9.

A ideia é avançar no processo de aproximação e integração entre os dois blocos, principalmente agora que os Estados Unidos ameaçam abandonar o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA).

Em relação à visita do presidente colombiano, Juan Manuel Santos, o chanceler paraguaio afirmou que “a Colômbia tem uma grande tradição de cooperação e solidariedade com o Paraguai e vamos assinar acordos de cooperação em várias áreas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *