Mundo

Mecanismo 2+2
10/04/2016
Lava Jato
10/04/2016

Diplomacia

Argentina buscará diálogo para retomar sua soberania das Ilhas Malvinas

Brasília – O presidente argentino Mauricio Macri afirmou que o país buscará o diálogo para retomar sua soberania das Ilhas Malvinas por meio da verdade e da força da justiça. A afirmação foi feita na segunda-feira, 4, durante homenagem no Dia do Veterano e dos Caídos no conflito com o Reino Unido. De acordo com Macri, “as ilhas são inexoravelmente nossas”.

“Estas ilhas no Atlântico que nos trazem todas essas recordações seguem sendo inexoravelmente nossas: nos esperam com uma paciência continental. Nós voltaremos”, enfatizou o presidente em ato na Praça San Martín, em Buenos Aires. Em sua conta numa rede social, Macri disse que “recordar algo é uma maneira de voltar a senti-lo. É trazer imagens e sons do passado para vê-las como se voltassem a passar dentro de nós”.

O presidente argentino lembrou que a guerra ocorrida há 34 anos culminou com a morte de 649 argentinos, muitos deles com apenas 18 anos. O conflito teve início em 2 de abril de 1982 e terminou em 14 de junho do mesmo ano.

Macri lembrou ainda da recente decisão da ONU que reconhece o novo limite exterior da plataforma continental sobre o Atlântico Sul e que agrega 1,7 milhões de Km2, incluindo o arquipélago em disputa. “O faremos seguindo o caminho que hoje conduz as nações do mundo, voltaremos usando a força do diálogo, da verdade e da justiça”, assegurou.

Segundo a chanceler Susana Malcorra, o primeiro-ministro britânico David Cameron, expressou ao presidente Macri, na última sexta-feira, 1º, em Washington, sua disposição em avançar numa associação bilateral ampla.

Para Malcorra, “a decisão da ONU reafirma que as Ilhas Malvinas são um território em disputa”. Ela disse ainda que “trata-se do resultado de uma política de Estado porque durante 20 anos se busca esta decisão junto à Comissão dobre o Direito do Mar”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *