Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 08h01

Democracia

09 de dezembro de 2015
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - A futura ministra de Relações Exteriores da Argentina, Susana Malcorra, revelou nesta segunda-feira, 7, que a Argentina desistiu de invocar a cláusula democrática do Mercosul após os resultados das eleições legislativas na Venezuela. De acordo com a diplomata, a decisão deve-se ao fato do presidente Nicolás Maduro ter reconhecido o triunfo oposicionista.



O presidente eleito Mauricio Macri pretendia pedir a suspensão ou exclusão da Venezuela do Mercosul já na próxima cúpula do bloco a ser realizada no dia 21 em Assunção.



“A cláusula democrática se aplica sobre fatos e o fato eram as eleições do dia 6. Creio que hoje podemos dizer que as eleições funcionaram dentro do que estabelece o marco democrático. Com o reconhecimento dos resultados, nada indica que haja razão para a aplicação da norma”, explicou Malcorra.



Por outro lado, ela reconheceu que a próxima reunião dos Chefes de Estado do Mercosul representa uma oportunidade para se discutir a situação da Venezuela. Susana Malcorra confirmou ainda que dialogará nos próximos dias com seus futuros colegas chanceleres para avaliar melhor o cenário regional após o processo eleitoral venezuelano.



União Europeia diz que Venezuela votou por mudanças e pede diálogo



A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, afirmou nesta segunda-feira, 7, que os venezuelanos votaram pela mudança e pediu diálogo à todos os políticos para que sejam fortalecidas as instituições democráticas e para que haja cooperação construtiva naquele país.



“O diálogo e a cooperação construtivos fortalecerão as instituições democráticas na Venezuela”, destacou Mogherini. Ela elogiou ainda o desenvolvimento pacífico de todo o processo no qual a oposição conquistou 99 cadeiras na Assembleia Nacional, consolidando uma vitória histórica após 16 anos de chavismo.



Mogherini enfatizou que o processo eleitoral deve agora ser concluído “com o mesmo espírito de responsabilidade democrática e transparência” e que a UE “está preparada para cooperar com a Venezuela e as suas autoridades democraticamente eleitas no interesse de todos os venezuelanos”.


Assuntos estratégicos

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...