Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 01h16

Apagões

10 de janeiro de 2011
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, está em Buenos Aires onde se encontra nesta terça-feira com a presidente Cristina Kirchner para acertar os detalhes da viagem que a presidente Dilma Rousseff fará ao país no dia 31.



No primeiro roteiro internacional da presidente ela também passará por Uruguai, Paraguai e Peru.



Nesta segunda-feira, 10, Patriota se reúne com o chanceler argentino Héctor Timerman com quem já conversou em Brasília no último dia 2.



Antes da chegada da presidente brasileira, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, desembarca em Buenos Aires no dia 16 para discutir o incremento das relações entre as respectivas forças armadas.



Para o chanceler argentino, a integração entre Brasil e Argentina garante a estabilidade na América Latina.



“A integração avança. Com alguns problemas como em toda relação complexa como a que temos com o Brasil com milhões de dólares envolvidos, mas os mecanismos funcionam”, afirmou Timerman.



A Argentina pretende encontrar uma solução para o déficit comercial que tem em relação ao Brasil “em favor dos interesses nacionais”, destacou o ministro.



Héctor Timerman revelou ainda que recebeu apelos de vários organismos argentinos de defesa dos direitos humanos para que Dilma Rousseff visitasse a Argentina “por tratar-se de uma militante e prisioneira política”, assinalou.



Comércio



Em 2010, o comércio entre Brasil e Argentina somou US$ 32,9 bilhões.



Como o país vizinho atravessa um momento delicado em sua economia, a aposta em Buenos Aires é por acordos com o Brasil que impeçam o desabastecimento.



No final do ano passado, os argentinos enfrentaram a falta de combustíveis e de produtos nos supermercados. Além disso, várias cidades registraram apagões.



O Brasil também está preocupado com os rumos que a Argentina tomará. As eleições presidenciais estão marcadas para outubro.



Estados Unidos



Nesta segunda-feira, o ministro das Relações Exteriores da Argentina, Héctor Timerman, se reúne com o Subsecretário de Estado norte-americano para a América Latina, Arturo Valenzuela.



Na agenda, o impacto das revelações feitas pelo site Wikileaks e o processo de integração regional. Valenzuela fez o mesmo em Santiago, Chile.



O enviado de Obama não deverá encontrar-se com a presidente argentina, mas terá de discutir uma solução para o acesso dos produtos agrícolas argentinos ao mercado dos Estados Unidos.



Timerman disse ainda que a presidente brasileira Dilma Rousseff reclamou com Hilary Clinton da falta de diálogo do governo norte-americano com os países latino-americanos.



Pesos



O governo argentino informou que nesta segunda-feira chegará o último carregamento de 100 pesos impressos no Brasil para fazer frente a escassez de cédulas que atinge o país vizinho.



Em novembro, o Banco Central da Argentina encomendou a impressão de dez milhões de pesos em notas de 100.



A Casa da Moeda do país tem capacidade para imprimir até 350 milhões de cédulas ao ano, mas a demanda gira em torno de 700 milhões. O principal problema está na obsolescência das máquinas utilizadas na Argentina.

Assuntos estratégicos

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...