Brasília, 30 de setembro de 2020 - 03h19
Argentina quer unir Vaca Muerta com gasoduto brasileiro

Argentina quer unir Vaca Muerta com gasoduto brasileiro

23 de janeiro de 2020 - 11:01:42
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília – O presidente da estatal argentina YPF, Guillermo Nielsen, afirmou que o país buscará unificar o projeto Vaca Muerta com os gasodutos brasileiros e que o ministro da Economia, Paulo Guedes, consultado em Davos, na Suíça, já teria dado o sinal verde.

Nielsen participa do Fórum Econômico em busca de investimentos para a Argentina, especialmente no setor petroleiro. A proposta argentina pretende fazer frente à dívida do país, “a maior dos últimos 30 anos”. Guedes teria gostado da ideia. “Um gasoduto para conectar a Argentina com o sul do Brasil poderia ser um mercado muito interessante para nós”, afirmou Guillermo Nielsen.

Para o atual governo argentino, para poder pagar a dívida, o país precisa crescer urgentemente. Nielsen explicou que Paulo Guedes trabalha para promover um choque energético barato para o Brasil, com a integração do gás produzido na Argentina, em Vaca Muerta, com a rede de distribuição de gás brasileira.

Guedes pretende reduzir o custo de produção das plantas termoelétricas brasileiras em até 40%.

Em breve, o presidente Alberto Fernández enviará ao Congresso argentino, um projeto de lei de produção de hidrocarbonetos para impulsionar os investimentos em Vaca Muerta.

Nielsen viajou para a Suíça acompanhado de um grupo de petroleiros argentinos e representantes da Câmara Argentina de Comércio e Serviços para destacar as oportunidades de investimento naquele país.