Eleições para o Parlamento do Mercosul em 2010
05/08/2009
Tropas estrangeiras
06/08/2009

Armas venezuelanas com as Farc serão investigadas

Armas venezuelanas com as Farc serão investigadas

Na semana passada, os governos da Suécia e da Colômbia, denunciaram que armas adquiridas pela Venezuela nos ano 80, teriam parado em mãos de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

A denúncia serviu para esfriar mais uma vez as relações entre os presidentes Álvaro Uribe e Hugo Chábez.

Para o governo brasileiro que trabalha pela normalização das relações Colombo-venezuelanas, esse assunto é muito pequeno para se transformar numa crise regional.

Nesta terça-feira, o governo da Venezuela informou que a denúncia será investigada.

De acordo com o ministro da Justiça da Venezuela, Tareck El Aissami, o presidente Hugo Chávez determinou a realização de investigações internas para determinar a origem e o destino das armas.

El Aissami explicou que é preciso confirmar se o material – lança-foguetes AT-4, que o governo colombiano diz ter apreendido com as Farc em 2008 – de fato fora vendido ao Exército venezuelano.

Ele explicou ainda que a Venezuela adquiriu equipamentos semelhantes há 20 anos.

Por conta dessa denúncia, Chávez congelou as relações com a Colômbia e retirou seu embaixador de Bogotá.

Para a Venezuela, a denúncia colombiana pretende apenas criar uma cortina de fumaça em torno do acordo militar que é negociado com os Estados Unidos.

Hugo Chávez entende que esse acordo representa um gesto hostil e uma ameaça à Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *