Relações Exteriores

Uruguai assume compromisso político com UNASUL
09/09/2010
Jato Militar
13/09/2010

Assume Embaixador do Brasil no Equador

Assume Embaixador do Brasil no Equador

Nesta quarta-feira, o embaixador do Brasil em Quito, Fernando Simas Magalhães, apresentou suas cartas-credenciais e assumiu o posto oficialmente nesta quinta-feira.

Simas Magalhães foi indicado em fevereiro deste ano e uma de suas missões prioritárias é pôr fim aos problemas bilaterais provocados pela expulsão da Odebrecht em 2008.

De acordo com o diplomata, um dos desafios para Brasil e Equador diz respeito à abertura de novos espaços de investimentos.

No dia 12 de agosto, o ministro das Relações Exteriores do Equador, Ricardo Patiño, esteve em Brasília tratando de melhorar as relações bilaterais e cobrar a ratificação do Tratado Constitutivo da UNASUL pelo Brasil.

Na oportunidade, se reativaram 26 acordos de cooperação.

O Equador quer recuperar o tempo e o dinheiro perdidos por conta da crise envolvendo a Odebrecht quando os investimentos brasileiros no país caíram de US$ 46,3 milhões para apenas US$ 2,9 milhões.

A falta de segurança jurídica foi o principal motivo para o estancamento dos investimentos brasileiros no Equador.

Das 30 empresas brasileiras que atuavam no Equador, seis foram embora.

Além disso, os acordos de cooperação também sofreram as conseqüências da crise e foram paralisados. Desde 2007 foram firmados 28 acordos bilaterais, mas apenas dois ainda vigoravam.

Celso Amorim e Ricardo Patiño também acordaram restabelecer vôos diretos entre os dois países para estimular o turismo e os negócios.

Os chanceleres enfatizaram a importância em concluir o eixo multimodal Manta – Manaus.

Em termos geopolíticos, ter uma saída para o Pacífico através do Equador é extremamente positivo para o Brasil que está de olho na implementação do Acordo de Complementação Econômica que criará uma zona de livre comércio entre o Mercosul e a Comunidade Andina de Nações (CAN) a partir de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *