Ausência de Alberto Fernández na posse de Lacalle Pou, gera mal-estar

O chanceler designado do Uruguai, Ernesto Talvi, viaja nesta segunda-feira, 17, para Buenos Aires, para encontrar-se com o ministro de Relações Exteriores, Comércio Internacional e Culto, da Argentina, Felipe Solá. O principal tema a ser tratado diz respeito à ausência de Alberto Fernández na posse de Lacalle Pou, no dia 1º de março.

Neste dia, o Congresso argentino inaugura o ano legislativo e o presidente fará um discurso no estilo “Estado da União”. No entanto, os uruguaios entendem que seria possível Fernández comparecer aos dois eventos. Um voo comercial entre Buenos Aires e Montevideo dura, em média, 47 minutos.

A decisão do presidente argentino também inviabiliza o encontro com Jair Bolsonaro, sugerido pelo brasileiro, na semana passada. A ausência de Alberto Fernández numa cerimônia recheada de líderes sul-americanos poderá produzir novos ruídos diplomáticos. O anúncio de sua desistência veio após o presidente eleito do Uruguai confirmar que não seriam convidados os presidentes de Cuba, Venezuela e Nicarágua.

Marcelo Rech – 17/02/2020

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *