Brasília, 20 de março de 2019 - 09h23
Base Industrial de Defesa é tema de debate na FIESP

Base Industrial de Defesa é tema de debate na FIESP

19 de fevereiro de 2019 - 10:39:38
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília - A Base Industrial de Defesa (BID) foi tema de reunião conjunta do Conselho Superior de Comércio Exterior e do Departamento de Defesa e Segurança, ambos da FIESP, realizada na quarta-feira, 6, e contou com a participação do embaixador e chefe do Departamento de Assuntos de Defesa e Segurança do Itamaraty, Alessandro Candeas, do vice-presidente da Fiesp, Dagmar Cupaiolo, do diretor do Deseg, Carlos Erane, e do presidente do Coscex, Rubens Barbosa, além de empresários e membros da diretoria da Casa e das Forças Armadas.

De acordo com a entidade, o representante do ministério das Relações apresentou as propostas do Governo Federal para os próximos anos na área da Defesa, ressaltando a criação recente de uma divisão interna no órgão para o tema, a fim de atender demandas relativas a produtos, à prospecção de novos mercados e à recepção de autoridades, entre outros.

Alessandro Candeas defendeu ainda uma atuação conjunta entre governo e os setores produtivo e financeiro no processo de exportação de produtos de Defesa. Segundo ele, “este é um segmento muito específico. É importante que o Brasil, ao ofertar seus produtos de altíssima qualidade no mercado internacional, tenha apoio oficial e garantias governamentais e de financiamento”, defendeu.

Na avaliação de Carlos Erane, diretor do Deseg, as propostas do governo atendem ao que o setor produtivo deseja para a base industrial brasileira: “Os posicionamentos sobre assuntos como abertura de mercado externo, financiamento, presença do governo no setor e mercados asiático, árabe e africano estão de acordo com nosso direcionamento. Estamos satisfeitos com as novidades”, concluiu.