Relações Exteriores

Brasil e Peru incrementam cooperação
28/04/2009
Parlamento do Mercosul fecha acordo
28/04/2009

Battisti afirma que será assassinado se for extrad

Battisti afirma que será assassinado se for extraditado

Um grupo de deputados federais que integram a Comissão de Direitos Humanos da Câmara visitou o terrorista italiano Cesare Battisti, na penitenciária da Papuda, em Brasília, e ouviu dele que sua extradição poderá ser também sua sentença de morte na Itália.

Battisti aguarda uma decisão final do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a concessão do seu refúgio político pelo ministro da Justiça, Tarso Genro.

O ministro deverá ser convidado para uma audiência pública sobre o assunto na comissão. De acordo com Domingos Dutra (PT-MA), Battisti está muito estressado com a situação e esperançoso de que o STF confirme a decisão do ministro.

O deputado explicou que Cesare Battisti acredita num complô dos agentes carcerários italianos que o teriam condenado à morte caso ele seja entregue às autoridades italianas.

A decisão do ministro Tarso Genro é muito criticada uma vez que Battisti teria sido condenado à prisão perpétua pelo assassinato de quatro pessoas. Para o governo italiano, ele cometeu crime comum e não político que justificaria o seu refúgio no Brasil.

O governo da Itália também aguarda o STF julgar um mandado de segurança que garanta a extradição de Cesare Battisti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *