Brasília, 19 de dezembro de 2018 - 02h22

Energia

01 de maro de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Mundial, Corporação Andina de Fomento (CAF) e da Comissão Econômica da América Latina e Caribe (CEPAL), discutem no dia 2 de março, em La Paz, os efeitos da crise do petróleo em reunião na Bolívia. A queda nos preços do produto tem afetado diretamente países como Brasil, Bolívia, Equador e Venezuela, principalmente.



De acordo com o ministro de Planejamento e Desenvolvimento do país, René Orellana, a delegação será integrada por especialistas, analistas e diretores dessas instituições, com o propósito de debater os temas relativos aos hidrocarbonetos e a economia no contexto internacional. 



Orellana confirmou ainda que o grupo terá reunião reservada com o presidente Evo Morales e o vice-presidente Álvaro Garcia Linera, além dos membros da equipe econômica e do setor energético, daquele país. Um dos desafios do grupo é definir com os países produtores de hidrocarbonetos, a estabilidade nos preços do petróleo e gás natural para os próximos anos.



Na oportunidade, as autoridades bolivianas apresentarão um projeto-marco com critérios, propostas, experiências e observações para o cenário global no período 2020 – 2025. Orellana reconheceu as críticas feitas pelo governo boliviano ao Banco Mundial por suas receitas que fracassaram nos últimos anos e revelou ainda que o Fundo Monetário Internacional (FMI) não foi convidado a participar do encontro justamente pela forma como atua em relação à crise, especialmente em relação aos países em desenvolvimento.


Assuntos estratégicos

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, o projeto de lei da senadora Ana...
Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Brasília - A fronteira de Foz do Iguaçu com a Argentina será a primeira do...
Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...