Brasília, 12 de dezembro de 2018 - 15h56

Crise Política

31 de agosto de 2016
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou na noite desta terça-feira, 30, que irá retirar o seu embaixador em Brasília se a presidente afastada Dilma Rousseff cair definitivamente com a conclusão do processo de impeachment pelo Senado Federal.



De acordo com Morales, “se prosperar o golpe de Estado parlamentar no Brasil, o embaixador José Kinn será chamado de volta à Bolívia”. Em sua conta numa rede social, o presidente boliviano conclamou os brasileiros a defender a democracia e a paz.



Na avaliação do governo boliviano, a oposição ao governo do PT busca chegar ao poder de qualquer maneira, inclusive por meio de um golpe. As declarações de Evo Morales resultam de uma campanha deflagada pelo Partido dos Trabalhadores para internacionalizar a crise política e angariar apoios no exterior.



Nos últimos dias, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva fez contatos com líderes políticos na região com este objetivo. Chegou a enviar uma carta à ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, para pedir declarações a favor de Dilma e do projeto progressista representado pela esquerda latino-americana.



Evo Morales também assegurou que o julgamento político da presidente afastada é injusto. Dirigindo-se à ela, o líder boliviano afirmou: “irmã presidenta Dilma, com o seu processo injusto pretendem conter a rebelião do seu povo e expulsar pobres, negros e mulheres do poder”. De acordo com ele, a luta de Dilma Rousseff é a mesma dos povos da América Latina e do mundo contra o poder econômico de uns poucos. “O único juiz que pode sancionar a conduta da presidenta é o seu povo”, afirmou o boliviano.



Para Evo Morales, o julgamento instaurado contra a sua colega é parte de uma nova estratégia para golpear um Estado progressista. “Os ex-presidentes de direita são favorecidos com um manto de impunidade. Aos presidentes de esquerda, perseguição judicial e lições”, concluiu. 


Assuntos estratégicos

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...