Brasil

Integração Hemisférica
24/02/2016
Comércio Exterior
24/02/2016

Integração Regional

Bolívia cria comissão técnica para o projeto do Trem Bioceânico

Brasília – O governo boliviano criou uma comissão técnica permanente para explicar aos países interessados todos os avanços alcançados no âmbito do projeto de construção do Trem Bioceânico Central Atlântico – Pacífico. A informação é do ministro de Obras Públicas, Milton Claros.

“Estamos agora definindo uma comissão técnica permanente para que possamos explicar em detalhes todos os elementos avançados pela Bolívia”, afirmou. Segundo o projeto boliviano, o Trem Bioceânico começará no Porto de Santos (SP), ingressará na Bolívia por Puerto Suárez, passará pelos municípios de Santa Cruz, Montero e Bulo Bulo, até chegar ao atiplano de La Paz, para sair ao Peru até o Porto de Ilo, unindo Atlântico e Pacífico. Trata-se de um corredor que se extenderrá por 3.360 km de vias, sendo que mais de 1.6 mil km em território boliviano.

Milton Claros revelou ainda que a UNASUL adotou como prioridade a construção do Trem Bioceânico e manifestou sua disposição para alcançar-se um acordo “trinacional” que permita implementá-lo entre Brasil, Bolívia e Peru.

O governo peruano lançou uma licitação para estudar a construção do trecho ferroviário que cortará o país. Já o Brasil ainda não definiu como se dará a sua participação no projeto.

“Esta é uma iniciativa da Bolívia e tem um avanço significativo. Já investimos US$ 6 milhões para a execução de um estudo de factibilidade do projeto, que será a base para as negociações com Brasil e Peru”, concluiu Milton Claros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *