Agenda

Cooperação militar
06/10/2016
Ciência e Tecnologia
06/10/2016

Diplomacia

Bolívia e China fortalecem relações estratégicas

Brasília – Bolívia e China decidiram nesta quinta-feira, 6, fortalecer ainda mais as relações estratégicas após o encontro entre o presidente Evo Morales e o chanceler chinês, Wang Yi. Segundo ele, “a Bolívia e a China são aliados geopolíticos para o desenvolvimento da América Latina”.

Wang Yi está na região desde a última segunda-feira, 3. Ele já passou por Quito e Lima e concluirá o giro em Bogotá onde estará nesta sexta-feira, 7. O ministro de Assuntos Exteriores da China prepara a visita do presidente Xi Jianping à América do Sul em novembro.

Ele virá para a Cúpula da APEC em Lima, mas aproveitará para reforçar os laços econômicos e comerciais. A China é hoje o principal parceiro comercial da maioria dos países latino-americanos. Além de aportar recursos, Pequim também promove a participação de suas empresas públicas e privadas na execução de grandes obras de infraestrutura regional.   

Na Bolívia, os chineses estão construindo aeroportos, rodovias, pontes e plantas industriais para o processamento mineral de ferro. De acordo com o ministro das Relações Exteriores, David Choquehuanca, “a China tem o seu peso no cenário mundial e a visita do chanceler fortalece, não apenas a relação bilateral, mas a liderança do presidente Morales”, afirmou.

A Bolívia espera ainda que a China libere um empréstimo de US$ 7 bilhões acertados na última visita de Evo Morales àquele país em 2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *