Brasília, 18 de outubro de 2018 - 16h25

Bolívia quer novo gasoduto para atender o Brasil

20 de setembro de 2010
por: InfoRel

Apesar das recentes descobertas de gás natural no Maranhão e do aumento dos investimentos brasileiros nas reservas nacionais, o governo boliviano estuda construir novo gasoduto para atender o país.



Para os bolivianos, o Brasil poderá duplicar a demanda de gás natural até 2020, o que vai obrigar a Bolívia a investir no empreendimento.



De acordo com a gerente-geral da Gás TransBoliviano (GTB), Katya Diederich, as projeções de crescimento indicam essa tendência.



Os bolivianos consideram o crescimento da produção industrial paulista que no último trimestre ultrapassou os 20%.



Diederich lembrou que a Bolívia, pese as dificuldades e acidentes geográficos ou desastres naturais, nunca deixou de cumprir com os contratos internacionais que mantém com Argentina e Brasil.



A GTB é uma filial da YPFB que opera o gasoduto Bolívia – Brasil.



O duto tem 2.350 Km que parte da Bolívia até São Paulo de onde a Petrobras distribui para o resto do país, até Porto Alegre (RS).



Apenas esse gasoduto é responsável por 50% da exportação boliviana e 16% do Produto Interno Bruto (PIB), do país.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...