Relações Exteriores

Senado vai investigar investimentos do Brasil em C
04/02/2014
Presidente do Uruguai se reuniu com as FARC em Cub
04/02/2014

Bolívia quer renegociar contratos de gás para o Br

Bolívia quer renegociar contratos de gás para o Brasil

Brasília – O presidente da Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), Carlos Villegas, afirmou que a Bolívia quer renegociar um novo contrato de venda de gás para o Brasil. “A industrialização é uma realidade. Vamos ter um excedente de gás natural que nos está permitindo iniciar uma negociação com o Brasil para firmarmos um contrato ininterrupto de entrega de gás natural”, afirmou.

De acordo com o governo boliviano, o país investiu US$ 7 milhões entre 2006 e 2013 na produção de gás natural. Deste total, 40% veio de investimentos estrangeiros, o que permitiu a instalação de onze unidades de processamento de gás.

Além disso, o ministro de Hidrocarbonetos e Energia, Juan José Sosa, explicou que o governo boliviano aprovou sete contratos petroleiros para a exploração de novas reservas.

Com os novos acordos, a Bolívia terá um ingresso adicional de US$ 200 milhões, fora os 425 contratos comprometidos pela YPFB. Até o final de 2014, outros cinco contratos serão assinados.

A unidade de Itaú, inaugurada nesta terça-feira, 4, demandou um investimento de US$ 136 milhões pagos por um consórcio integrado pela Petrobras, British Gás, Total e YPFB Chaco. Esta unidade permitirá incrementar a produção de gás em 1,7 milhões de metros cúbicos por dia.

Sosa garantiu que as negociações com o Brasil não devem resultar em aumento ou redução dos preços, pelo menos até 2019 quando o contrato perde validade. Se estima que o valor pago pelo Brasil estaria 4% abaixo do ideal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *