Relações Exteriores

Democracia
13/07/2012
EUA e Uruguai realizam exercícios militares combin
13/07/2012

Bolívia reconhece `desencontros´ nas relações com

Bolívia reconhece `desencontros´ nas relações com o Brasil

Brasília – O vice-presidente boliviano Álvaro García Linera afirmou que as relações diplomáticas com o Brasil são excelentes, mas admitiu que registra alguns “desencontros”. O mal estar, para o governo boliviano, está na decisão do Brasil de conceder asilo político ao senador Roger Pinto, líder da Convergência Nacional no Senado.

No mês passado, Linera qualificou a decisão brasileira de desatinada.

O governo boliviano quer Roger Pinto preso por corrupção. Ele está refugiado na embaixada do Brasil em La Paz e o presidente Evo Morales não está disposto a conceder-lhe um salvo conduto para que possa deixar o país.

Segundo Garcia Linera, “as relações com o Brasil se desenvolvem de maneira excelente, como sempre, com alguns elementos isolados, desencontros que confiamos que serão superados rapidamente”.

Ele também disse que o país não pode perder tempo discutindo reportagem da revista Veja que apontou o ministro da Presidência, Juan Ramón Quintana, como amigo de um narcotraficante brasileiro. Na sua avaliação, trata-se de um veículo de imprensa “desacreditado e pouco sério”.

O vice-presidente lembrou que a mesma publicação havia confundido o atual Controlador do Estado, Gabriel Herbas, com um narcotraficante, o que gerou um pedido de desculpas da Veja.

“Chama a atenção que demos tanta importância a um folheto carente de seriedade”, afirmou.

Enquanto isso, o embaixador designado para o Brasil, Jerjes Justiniano, participa do curso intensivo de capacitação oferecido pela chancelaria boliviana e aguarda aprovação do seu nome pela Comissão de Política Internacional da Câmara de Senadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *