Brasília, 17 de outubro de 2018 - 12h19

Oportunidade

29 de maro de 2012
por: InfoRel

Brasília - O Brasil vai colaborar com a reconstrução econômica e social do Iraque com a reabertura de sua embaixada em Bagdá após 21 anos. O escolhido, Ánuar Nahes, afirmou que o Iraque tem interesse em conhecer os programas de transferência de renda do Brasil, em parcerias comerciais e na cooperação técnica.



Nahes está há um mês em Bagdá e afirma que a vida segue dentro da normalidade para um país ocupado militarmente há oito anos. Segundo ele, a violência no Iraque não é generalizada.



Ele afirmou que o Brasil tem uma imagem positiva no Iraque por conta das muitas empresas que atuaram no país nas indústrias de petróleo e construção civil. De acordo com o diplomata, a carne de frango consumida no país é brasileira.



Ánuar Nahes organizou em setembro de 2011, uma reunião da Comissão Mista Brasil - Iraque em Brasília. No segundo semestre, deverá ser realizada a segunda edição do encontro com o objetivo de incrementar as parcerias comerciais e de cooperação.



Segundo ele, os iraquianos querem conhecer em detalhes os programas Minha Casa, Minha Vida, o Bolsa Família e as iniciativas implementadas na agricultura familiar.



Enquanto organiza a embaixada em Bagdá, Ánuar Nahes se dedica a identificar quantos e quem são os brasileiros que vivem no país.



No entanto, só pode deixar a embaixada para compromissos oficiais, em carro blindado, com comboio e usando seguranças.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...