Relações Exteriores

Programa FX2
06/11/2012
Brasil sediará Cúpula do Mercosul com a presença d
06/11/2012

Brasil apoia negociações de paz na Colômbia

Brasil apoia negociações de paz na Colômbia

Brasília – O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, afirmou nesta segunda-feira, 5, que o Brasil respalda a busca por um acordo de paz entre o governo da Colômbia e as FARC. Na sua avaliação, a busca pelo acordo é um “passo importante” e ele defendeu o apoio da comunidade internacional às negociações.

Os ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e María Ángela Holguín Cuéllar, reúnem-se em Bogotá, na 3ª Reunião da Comissão Bilateral Brasil-Colômbia.

De acordo com Patriota, “na medida em que a Colômbia considere útil, estamos à disposição para contribuir. A América do Sul passa por grandes transformações para criar um ambiente de paz”, afirmou.

Antonio Patriota explicou ainda que “nossas sociedades rechaçam a violência, de onde vier”. Ele se reuniu também com o comissário de paz encarregado de conduzir as negociações, Sergio Jaramillo.

No momento, representantes das FARC e do governo colombiano encontram-se em Cuba para reuniões técnicas.

As discussões envolvem o acesso a terra por parte dos guerrilheiros, a distribuição mais equitativa das propriedades, a garantia de direitos políticos para os guerrilheiros e os termos para o fim do conflito armado e o combate ao narcotráfico.

No dia 15, em Havana, haverá a segunda reunião. Autoridades de Cuba, da Venezuela, do Chile e da Noruega fazem a mediação do processo.

Cooperação bilateral

Nesta segunda-feira, 5, integrantes dos governos do Brasil e da Colômbia examinaram a ampliação das parcerias, como a cooperação e o desenvolvimento nas regiões de fronteira, em educação, integração regional, cultura, ciência e tecnologia, além de meio ambiente.

Os dois países devem assinar um memorando de entendimento sobre a reestruturação da Comissão de Vizinhança e Bairro, além de um acordo de cooperação entre a Fundação Getúlio Vargas e a Academia Diplomática de San Carlos para a troca de experiências e atividades conjuntas.

O intercâmbio bilateral aumentou o equivalente a 430%, de 2002 a 2011, passando de US$ 747 milhões para US$ 3,9 bilhões, segundo o Ministério das Relações Exteriores.

A lista de exportações brasileiras é diversificada, mas os produtos manufaturados predominam. Até setembro de 2012, o Brasil exportou US$ 1,9 bilhão para a Colômbia e importou cerca de US$ 1 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *