Brasília, 06 de julho de 2020 - 13h31
Brasil apresenta visão da infraestrutura no Council of The Americas

Brasil apresenta visão da infraestrutura no Council of The Americas

05 de maio de 2020 - 13:38:21
por: Marcelo Rech
Compartilhar notícia:

Brasília - O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, apresentou a visão da infraestrutura nacional, por videoconferência, nesta segunda-feira, 4, à investidores ligados ao Council ff The Americas, organização comercial cujo objetivo é promover o livre comércio, a democracia e abertura dos mercados nas Américas.

Na oportunidade, o ministro detalhou todas as ações que foram realizadas para garantir o abastecimento do país durante a pandemia, como a criação do Conselho Nacional de Secretários de Transportes (Consetrans), que reúne todas as secretarias de transportes estaduais, e o seu papel na garantia de atividades consideradas essenciais.

“O risco de desabastecimento é zero. Já estamos há 45 dias com medidas de isolamento e nenhum produto faltou” informou. Freitas ainda acrescentou que portos, rodovias e ferrovias continuam funcionando normalmente. “Estamos trabalhando constantemente para garantir toda a segurança que os trabalhadores precisam, além de garantir remédios e alimentos para os cidadãos”, destacou.

O ministro também relatou que o Ministério das Infraestrutura não parou suas atividades ordinárias e que obras e etapas de concessões estão sendo executadas e entregues, conforme o planejamento do início do ano. “Mesmo com a crise, estamos confortáveis em seguir nossos projetos de concessão e nosso cronograma de entregar 54 obras públicas”, complementou.

PróBrasil

O ministro destacou ainda que o PróBrasil terá um papel importante em modernizar a regulamentação e a legislação do setor de infraestrutura, além de impulsionar investimentos privados de até R$ 250 bilhões no Ministério da Infraestrutura.

Para Tarcísio Freitas, a crise impactará no PIB de 2020, mas há plena convicção de que em 2021 a retomada acontecerá fortemente. “Certamente as ações do Ministério da Infraestrutura contribuirão para catalisar e acelerar está retomada da economia, do emprego e da geração de renda”, concluiu.