Relações Exteriores

Dia Internacional da Mulher
08/03/2006
Qualificação
09/03/2006

Cooperação

Brasil assina acordos com Reino Unido

Enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desfruta da pompa britânica, em sua terceira viagem ao Reino Unido, o chanceler Celso Amorim, assinou, nesta terça-feira, em Londres, três acordos nas áreas do meio ambiente, saúde e HIV/AIDS, com a Secretária de Estado de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais, Margaret Beckett, e a Secretária de Estado de Saúde, Patricia Hewitt.

Segundo o Itamaraty, foram assinados:

a] Declaração Conjunta relativa ao Diálogo de Alto Nível Brasil-Reino Unido sobre Desenvolvimento Sustentável.

O ministério das Relações Exteriores informou que a Declaração tem como objetivo fortalecer o intercâmbio entre os dois países em temas como mudança do clima; pobreza e desigualdade; proteção e manejo sustentável dos recursos naturais.

Para tanto, foi criado o Grupo de Trabalho sobre Mudança do Clima, para aprimorar o entendimento sobre as principais questões relacionadas à mudança do clima e empreender atividades conjuntas, com destaque para a promoção de tecnologias de baixa emissão de carbono, a colaboração científica e o papel do Brasil no mercado de carbono regional;

b] Memorando de Entendimento para Colaboração no Campo de Saúde.

O documento pretende aprofundar a cooperação nas áreas de produtos hemoderivados; sistemas de saúde e tecnologias correlatas; promoção de visitas e intercâmbio de profissionais da saúde; e atividades de pesquisa e desenvolvimento;

c] Memorando de Entendimento sobre Cooperação na Área de HIV/AIDS.

Por meio desse acordo, o governo britânico vai contribuir com 1,1 milhão de libras esterlinas, o equivalentes a cerca de R$ 4 milhões, para o fortalecimento das atividades do Centro Internacional de Cooperação Técnica em HIV/AIDS [CICT-AIDS].

A contribuição facilitará o intercâmbio de conhecimento técnico com países interessados da América Latina, Caribe e África. O CICT-AIDS, que se insere no âmbito do Programa Nacional de DST/AIDS do ministério da Saúde, funciona desde janeiro de 2005 e é fruto de parceira, estabelecida em 2004, do governo brasileiro com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS [UNAIDS].

Na mesma ocasião, o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, assinou o Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação. O Plano de Ação vai intensificar a cooperação bilateral em áreas como tecnologias agrícolas e biotecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *