Defesa

Comércio Exterior
08/11/2015
Comércio Exterior
08/11/2015

Trident Juncture

Brasil, Colômbia e México tiveram observadores em manobras da OTAN

Brasília – Brasil, Colômbia e México são os três países da América Latina que tiveram observadores em manobras da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Eles se juntaram aos observadores da Sérvia, Geórgia, Túnisia e Suíça, na Trident Juncture da OTAN.

O exercício reuniu cerca de 36 mil militares de 30 países para a certificação de uma força de alta disponibilidade, capaz de ser empregada em um período muito curto e em quanquer lugar do planeta. As manobras foram realizadas na Espanha, Itália e Portugal.

A primeira etapa do exercício foi realizada entre 3 e 16 de outubro, mas a fase “real” começou no dia 21 de outubro e foi até 6 de novembro. Para a Trident Juncture se estabeleceu um teatro de operações irreal em que países também fictícios desatam um conflito na região conhecida como “Chifre da África”. A ideia é preparar os efetivos para operações de combate, controle de território, estabilização e resolução de crises humanitárias.

Especula-se que as manobras guardam relação com uma ameaça para os países do Norte da África e Oriente Médio. De acordo com analistas espanhóis, os jogos de guerra serviriam como mensagem de força à Rússia e China, com fortes interesses econômicos e geoestratégicos na África.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *