Brasil e Reino Unido discutem cooperação em Defesa
18/01/2012
Comunicado Conjunto Brasil – Reino Unido
19/01/2012

Brasil descarta deixar de comprar gás natural da B

Brasil descarta deixar de comprar gás natural da Bolívia

Brasília – O embaixador do Brasil em La Paz, Marcel Biato, garantiu que o Brasil não deixará de comprar o gás natural boliviano e que o acordo está inserido no contexto de um compromisso político e não apenas econômico.

Ele respondeu a declarações do presidente da Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB), Carlos Villegas, para quem as recentes descobertas de petróleo e gás na costa brasileira, fariam com que esse país deixasse de comprar o produto boliviano.

Os bolivianos sabem que o custo do gás importado pelo Brasil (US$ 8 o milhão de BTUs) será muito mais alto que gás retirado do mar.

De acordo com Biato, “eu sempre disse que há um compromisso político que vai muito além de um interesse econômico. A integração energética passa pelo gás e é claro que temos que discutir os acordos, mas há um compromisso político muito claro do Brasil com a Bolívia, é um benefício para os dois países, no sentido fundamental do que é a integração”.

A YPFB informou que os envios de gás ao Brasil, entre 24 e 31 milhões de metros cúbicos diários, está assegurada até 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *