Cimeira Luso-Brasileira
13/10/2005
Cúpula de Salamanca
14/10/2005

Satélites

Brasil e Alemanha firmam intercâmbio e CBERS completa dois anos

O satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres – CBERS-2 [China-Brazil Earth-Resources Satellite], lançado em Taiwan, na China, completará no dia 21 outubro, dois anos em operação.

O satélite oferece imagens de alta qualidade que atendem às mais diversas aplicações, da agricultura ao monitoramento ambiental, informou o ministério da Ciência e Tecnologia.

Para marcar a data, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais [Inpe], promoverá a “Semana CBERS”, entre os dias 19 e 21, em São José dos Campos [SP], com a exposição de imagens, palestra especial e seminário sobre as aplicações do satélite.

Enquanto isso, Brasil e Alemanha acertaram um intercâmbio científico e tecnológico de pesquisadores na área de satélites. As negociações foram realizadas durante encontro que aconteceu em Colônia, na Alemanha, na última quarta-feira, 12, entre o presidente da Agência Espacial Brasileira [AEB], Sergio Gaudenzi, e o executivo do Centro Aeroespacial Alemão [DLR], Sigmar Witting.

Durante a reunião foi discutida a parceria entre os dois países na área de foguetes de sondagem brasileiros, utilizados em experimentos em ambiente de microgravidade, realizados por universidades e institutos de pesquisa.

Eles também conversaram sobre a cooperação no desenvolvimento de um satélite-radar de pequeno porte, que irá operar em banda L.

CBERS

Segundo Jânio Kono, coordenador do Programa Sino-Brasileiro no INPE, “o programa de Satélites CBERS pode ser considerado vitorioso em diversos aspectos. Entre outros motivos, pela oportunidade de capacitação de nossos engenheiros em desenvolver um satélite de grande porte e pelo fato de que ambos os países, Brasil e China, possuem dimensões continentais e precisam monitorar seus territórios”.

Na próxima quarta-feira, 19, a partir das 10h30, ele vai ministrar a palestra Histórico e Perspectivas do Programa CBERS. Nos dias 19 e 20, o Seminário de Aplicações do CBERS-2 – 2º Ano de Sucesso irá mostrar exemplos do uso das imagens de satélite por empresas privadas e instituições, como o Ibama, Incra, Petrobras, Aneel, Embrapa e secretarias de Fazenda e Meio Ambiente.

De acordo com o MCT, o seminário pretende destacar os impactos do CBERS na condução dos projetos, na ampliação das atividades e na geração de novas oportunidades para essas instituições e para a sociedade.

Como a oferta das imagens CBERS é gratuita cerca de dez mil usuários ligados a mais de mil instituições, entre órgãos públicos, universidades, centros de pesquisa e ONGs, além da iniciativa privada, estão utilizando essas imagens para licenciamento e monitoramento ambiental, projetos de sistematização e uso da terra, gerenciamento de recursos hídricos e arrecadação fiscal, entre outros.

Fechando a Semana CBERS, uma exposição de imagens do satélite estará aberta no dia 21, entre 9h e 13h, no campus do INPE, que é o responsável no Brasil pelo programa em parceria com a China. O acordo está em vigor desde 1988 e prevê o desenvolvimento de mais três satélites até 2010.

Agenda de Apresentações Técnicas

1. Histórico e Perspectivas do CBERS – INPE.

2. Balanço de dois anos de operação do CBERS – INPE.

3. Aplicações CBERS no âmbito da Petrobrás: continente e oceano – PETROBRÁS.

4. Aplicações CBERS no setor agrícola – EMBRAPA.

5. Aplicações do CBERS no licenciamento ambiental – TECNOMAPAS.

6. Monitoramento Ambiental em São Paulo – SECRETARIA de MEIO AMBIENTE – SP.

7. Arrecadação fiscal com auxílio do CBERS – SECRETARIA da FAZENDA – GO.

8. Terceiro Setor e o CBERS – IMAZON.

9. Cartografia de Uso da Terra com CBERS – IBGE.

10. CBERS em processos ligados à reforma agrária – INCRA.

11. Monitoramento ambiental federal com CBERS – IBAMA.

12. Programa CBERS e as empresas de Geotecnologias – GEOAMBIENTE.

13. CBERS e as atividades da Agência Nacional de Águas – ANA

Programa Técnico

19 de outubro

9h РCerim̫nia de abertura com Leonel Fernando Perondi, diretor Interino do INPE.

Sessão Plenária: Coordenador Engenheiro Amauri Silva Montes [INPE]

10h30 – Histórico e Perspectivas do Programa CBERS – Janio Kono – Coordenador do Programa Sino-Brasileiro – CBERS [INPE].

Sessão Técnica I: Coordenadores Clóvis Solano Pereira e Gilberto Câmara [INPE].

14h РBalan̤o de dois anos de opera̤̣o do CBERS РJos̩ Carlos Neves Epiphanio РCoordenador do Programa de Aplica̵̤es CBERS [INPE].

14h30 – Aplicações CBERS no âmbito da Petrobrás: continente e oceano. Fernando Pellon de Miranda e Cristina Bentz [PETROBRÁS].

15h РAplica̵̤es do CBERS no licenciamento ambiental. Jos̩ Ricardo Orrigo Garcia [TECNOMAPAS].

15h45 РMonitoramento ambiental em Ṣo Paulo. Elisabete Cristina Kono [Secretaria de Estado do Meio Ambiente de Ṣo Paulo].

16h15 – Impacto do CBERS no setor educacional. Giovanni Araujo Boggione [CEFET – GO].

16h45 – Arrecadação fiscal com auxílio do CBERS. Maria Gonçalves da Silva [Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás].

17h15 – Uso de pares estereoscópicos de imagens CBERS-2 na geração de MDE e Ortoimagem. Marcelo Maranhão [IBGE/UNESP].

20 de outubro

Sesṣo T̩cnica II РCoordenadores Pawel Rozenfeld [INPE] e Miguel Henze [AEB].

9h РUso do CBERS nos projetos de sistematiza̤̣o e uso da Terra no IBGE. Paulo Roberto Alves e Eloiza Domingues [IBGE].

9h30 – CBERS em processos ligados à reforma agrária. Ana Paula Ferreira de Carvalho [INCRA].

10h – Programa CBERS e as empresas de geotecnologias. Izabel Cecarelli [GEOAMBIENTE].

10h45 – Terceiro setor e o programa CBERS. Carlos Souza Jr. [IMAZON].

11h15 – Aplicações CBERS no setor agrícola. Edson Sano [EMBRAPA].

11:45 Monitoramento ambiental federal com imagens CBERS. Edward Elias Júnior [IBAMA].

Sesṣo T̩cnica III РCoordenadores. Leonel Fernando Perondi e Jos̩ Carlos Neves Epiphanio [INPE]

14h – CBERS e as atividades da Agência Nacional de Águas – ANA. Morris Scherer Warren [ANA].

14h30 РDesenvolvimento nacional da cadeia de processamento CBERS. Antonio Jos̩ F. Machado e Silva [GISPLAN].

15h – Plenária propositiva e encerramento do seminário. José Carlos Neves Epiphanio e Leonel Fernando Perondi [INPE].

15h45 às 17h – Visitas às instalações do INPE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *