Agenda

Transparência
22/11/2015
Segurança Pública
22/11/2015

Contrato

Brasil e Bolívia voltam à mesa para negociar compra e venda de gás

Brasília – No próximo dia 26, o ministro de Hidrocarbonetos e Energia da Bolívia, Luís Alberto Sánchez, estará em Brasília para dar início às negociações em torno da ampliação dos contratos de compra e venda de gás natural ao Brasil. Um dos principais objetivos é aumentar o preço do gás exportado para o mercado brasileiro e ampliar o tempo do contrato.

Sánchez revelou ainda que várias usinas termoelétricas brasileiras já manifestaram interesse em importar o gás natural da Bolívia a um preço maior que o estabelecido atualmente. Para o ministro boliviano, “este interesse das empresas brasileiras por ampliar os nexos de cooperação energética, demonstra que existem mercados de exportação abertos para o gás boliviano, o que nos incentiva ainda mais a investir no setor”, explicou o ministro.

Em abril de 2014, dirigentes da Petrobras manifestaram o interesse do governo brasileiro em negociar a assinatura de um contrato que supere o atual, em vigor até 2019. O contrato assinado em 1996 estabelece um volume de compra de 24 milhões de metros cúbicos diários de gás pelo Brasil, podendo chegar ao máximo de 30 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *