Brasília, 15 de dezembro de 2018 - 19h50

Integração

11 de janeiro de 2017
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Apenas empresas aéreas do Brasil e do Chile terão autorização para realizar um segundo voo entre as Ilhas Malvinas e a América do Sul. A decisão é dos legisladores eleitos da ilha que negociaram o tema com as autoridades britânicas em Londres.



Nesta semana, os legisladores Mike Summers e Phyl Rendell participaram de reuniões relativas a temas do Atlântico Sul, entre Argentina  e o Reino Unido, e formaram parte da delegação encabeçada pelo ministro do Foreign Office para Europa e as  Américas, Alan Duncan.



Sobre os voos para as Malvinas, ficou acordado que as propostas serão recebidas até o final deste mês para que as empresas comecem a operar em outubro. A Argentina não apresentou nenhuma objeção para que aviões com maior capacidade sejam utilizados desde Punta Arenas, no Chile.



Argentina e Reino Unido entendem que um voo semanal todas as quartas-feiras, era necessário e se implementará com uma escala uma vez por mês em ambas as direções, na Argentina. Seria semelhante ao que se cumpre atualmente em Río Gallegos, um trânsito sem necessidade de trâmites de imigração.



O governo das Malvinas não descarta apoiar financeiramente o início das operações, mas as propostas precisam ser comercialmente viáveis. De acordo com os legisladores da Ilha, a companhia Latam que realiza voos todos os sábados para as Malvinas, está satisfeita com o fluxo de passageiros e manterá a linha.



A ideia é que outras companhias se interessem pela rota. Desta forma, haveria uma concorrência capaz de manter bons preços e aumentar o número de turistas que visitam as Malvinas.  


Assuntos estratégicos

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Senado aprova projeto de combate ao Terrorismo e à lavagem de dinheiro

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira, 12, o projeto de lei da senadora Ana...
Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Foz do Iguaçu terá sistema pioneiro de migração fronteiriça

Brasília - A fronteira de Foz do Iguaçu com a Argentina será a primeira do...
Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Aprovado projeto que permite a expulsão de estrangeiros acusados de Terrorismo

Brasília – O Projeto de Lei que proíbe a concessão de visto e determina a...
Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasil quer entrar no mercado mundial de lançamentos de satélites

Brasília – O governo federal, por meio da Agência Espacial Brasileira (AEB) quer...
Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

Senado paraguaio posterga para 2019 análise de leis contra o crime organizado

O Senado do Paraguai postergou para março de 2019 a análise de três projetos de...
Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Paraná inaugura Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública

Na última terça-feira, 4, a governadora do Paraná, Cida Borghetti, e o ministro...
Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...