Brasília, 18 de novembro de 2018 - 11h23
Brasil e China reforçam ações no setor de Serviços

Brasil e China reforçam ações no setor de Serviços

28 de novembro de 2017
por: InfoRel
Compartilhar notícia:
Brasília - Uma das primeiras iniciativas para a cooperação bilateral de serviços do Brasil com a China aconteceu na última sexta-feira, 24, em São Paulo, durante o seminário “Brasil-China sobre Comércio em Serviço”, evento inserido no Plano de Ação Bilateral, assinado em agosto entre os ministérios da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e do Comércio da China, visando implementar o Memorando de Entendimentos (MoU) no setor de Serviços entre os dois países.

De acordo com o MDIC, o acordo incentivará o comércio exterior e os investimentos bilaterais em Serviços, além de promover o intercâmbio de informações sobre melhores práticas no setor para fomentar serviços de maior qualidade, competitividade e eficiência.

Além disso, durante o evento, que reuniu diversos representantes dos setores expressos no MoU, como TI, games, audiovisuais, engenharia consultiva e arquitetura e turismo, o Secretário de Comércio e Serviços do MDIC, Marcelo Maia, reforçou a importância dessa ação inicial para aproximar o setor produtivo dos dois países e ampliar as oportunidades de negócios no setor de serviços.

“Este evento foi pensado para contribuir com o fortalecimento das relações bilaterais em serviços entre os dois países e por isso traz um panorama dos mercados chinês e brasileiro e as oportunidades para o comércio bilateral de serviços, além de desafios enfrentados por ambos os países no comércio bilateral”, reforçou.

Maia destacou que o setor de serviços é essencial para os dois países, seja por seu impacto direto na economia e geração de empregos, seja por seu potencial de agregação de valor aos demais setores da economia. “Apesar das complementaridades das economias, o fluxo comercial em serviços entre Brasil e China ainda é apenas uma pequena parte do comércio internacional desses países”, disse.

No contexto da implementação do memorando, a importância da relação bilateral em serviços foi destacada pelo ministério do Comércio da China, ao convidar o Brasil para ser pais de destaque na China International Fair of Trade in Services, que será realizada em maio de 2018.

Balança comercial

Os dados da balança comercial de bens entre Brasil e China, em 2016, resultou em superávit para o Brasil de US$ 11,7 bilhões (acréscimo de 143,75% em relação a 2015, quando houve superávit de US$ 4,8 bilhões).

Em 2016, a corrente de comércio de bens somou US$ 58,5 bilhões em 2016, queda de 11,8% sobre o ano anterior, e a corrente de comércio bilateral em serviços, conforme estatísticas do Siscoserv, foi de U$ 722 milhões, e grande parte dos serviços comercializados entre os dois países está relacionado com o comércio de bens, como, por exemplo, serviços de transporte de cargas ou de manuseio de cargas e serviços de agentes de distribuição de mercadorias.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...