Mercosul
10/06/2009
Aprovado acordo cultural Brasil – Espanha
10/06/2009

Brasil e Colômbia fortalecem comércio

Brasil e Colômbia fortalecem comércio

Para a Colômbia, o Brasil é um aliado especial não apenas no plano regional, mas multilateral. Foi o que afirmou o ministro das Relações Exteriores daquele país, Jaime Bermúdez.

Na última segunda-feira, ele se encontrou com o chanceler Celso Amorim na cidade colombiana de Cartagena de Índias, durante a 1ª Reunião da Comissão Bilateral Colômbia – Brasil.

De acordo com Bermúdez, o comércio bilateral cresceu quatro vezes nos últimos quatro anos. As exportações do Brasil para a Colômbia chegou aos US$ 2,1 bilhões, enquanto as importações ficaram em US$ 650 milhões.

No dia 18 de agosto, a Comissão de Vizinhança Brasil – Colômbia se reúne. Segundo Jaime Bermúdez, trata-se de um mecanismo de diálogo político integrado por altos funcionários das duas chancelarias.

Também foi criado o Conselho Empresarial que coordena as visitas recíprocas e pretende realizar a Semana da Colômbia no Brasil, em setembro.

Biocombustíveis

O governo da Colômbia anunciou que os dois países realizaram um seminário sobre biocombustíveis como forma de coordenar uma agenda de trabalho conjunto nos âmbitos regional e multilateral.

Depois do Brasil, a Colômbia é o principal produtor de etanol na região.

Brasil pode atuar no resgate de reféns das Farc

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, confirmou nesta segunda-feira, em Bogotá, que o Brasil está disposto a participar do resgate de reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Amorim esteve por dois dias no país e se reuniu com o chanceler Jaime Bermudez e o presidente Álvaro Uribe.

Os detalhes da participação do Brasil não foram revelados, mas tudo indica que o país deverá oferecer apoio logístico com militares do Exército e helicópteros, a exemplo do que já fez no início do ano.

Nesta terça-feira, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, da Câmara dos Deputados, aprovou o acordo de cooperação em defesa, firmado por Brasil e Colômbia, em 2008.

O acordo prevê a cooperação nas áeras de pesquisa, apoio logístico, treinamento militar e compartilhamento de conhecimentos técnicos.

O Brasil é fornecedor de material militar para a Colômbia. No ano passado, foram vendidos aviões, munição e equipamento de simulação de combate aéreo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *