Agenda

Brasil e PNUD financiarão US$ 500 mil para combate
16/12/2011
Impasse
16/12/2011

Solidariedade

Brasil e Cuba definem agenda para 2012

Brasília – A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), coordenadora do Grupo Parlamentar Brasil – Cuba, informou que a pressão pela libertação de cinco cubanos presos há mais de dez anos em Miami (EUA), será o principal tema da agenda do grupo no próximo ano.

O Grupo Parlamentar Brasil – Cuba conta com mais de 200 políticos.

Além disso, os parlamentares manterão a pressão pelo fim do embargo econômico à ilha.

Gerardo Hernández, Antonio Guerrero, Fernando González, Ramón Labañino e René González, são acusados por Washington de formarem uma célula terrorista. Em Havana, são tratados como heróis antiterroristas.

O Grupo Parlamentar Brasil – Cuba foi reinstalado em junho deste ano e conta com políticos de praticamente todos os partidos.

Nesta quinta-feira, o Conselheiro Político da Embaixada de Cuba no Brasil, Rafael Hidalgo Fernández, reuniu-se com o deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) que deve assumir a presidência da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados em 2012.

Azeredo também é membro do Grupo Parlamentar Brasil – Estados Unidos e Cuba busca interlocutores que possam tratar desses assuntos desde Brasília.

Revolução cubana

Nesta quarta-feira, 14, o Grupo Parlamentar Brasil – Cuba promoveu na Câmara dos Deputados, seminário para marcar os 52 anos do embargo econômico norte-americano ao país.

O embaixador cubano em Brasília, Carlos Zamora, anunciou a realização em maio de 2012, da Convenção de Solidariedade a Cuba em Salvador (BA). O evento é realizado há 20 anos para dar visibilidade à causa cubana.

Também em 2012, um grupo de parlamentares brasileiros pretende visitar os cubanos presos em Miami. No primeiro semestre, o Grupo Parlamentar realizará visita a Cuba para fortalecer o intercâmbio político.

O deputado João Ananias (PCdoB-CE), será um dos responsáveis pela execução da agenda 2012 do grupo. No Congresso, ele já trata dos assuntos relacionados com a validação dos diplomas de medicina de brasileiros que estudam em Cuba.

O senador João Capiberibe (PSB-AP) e a deputada Janete Capiberibe (PSB-AP), coordenarão os trabalhos em defesa da libertação dos cinco cubanos presos nos Estados Unidos.

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) e os deputados Alice Portugal (PCdo-B-BA) e Emiliano José (PT-BA), vão montar a Convenção de Solidariedade a Cuba.

O evento em Brasília contou ainda com a presença da presidente do Instituto Cubano do Livro, Zuleika Romay, da mãe de Fernando González, Magali Llort, e da jornalista Rosa Miriam Elizarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *