Relações Exteriores

Ministra dos Direitos Humanos reafirma disposição
01/03/2011
Brasil entrega comando do Conselho de Segurança da
01/03/2011

Brasil é destino de 60 toneladas de cocaína bolivi

Brasil é destino de 60 toneladas de cocaína boliviana

O embaixador do Brasil na Bolívia, Marcel Fortuna Biato, afirmou nesta terça-feira que pelo menos 60 toneladas de cocaína boliviana entram no país através da fronteira comum de 3.423 quilômetros.

De acordo com a agência das Nações Unidas contra as Drogas, a Bolívia produz cerca de 100 toneladas de cocaína por ano. A oposição no país acredita que o volume ultrapassa as 120 toneladas.

Para combater a produção e o tráfico de drogas, Brasil e Bolívia assinarão vários acordos sobre a formação policial, inteligência, lavagem de dinheiro, fortalecimento das relações fronteriças e temas migratórios, nos dias 28 e 29 de março.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo deverá reunir-se em La Paz com o ministro boliviano Sacha Llorenti.

Cardozo irá também a Cochabamba onde são grandes os cultivos de coca e funciona a escola policial “Garras do Valor”.

Além disso, seis policiais federais brasileiros acompanharão as tarefas de erradicação manual de plantações ilegais naquela região.

Na oportunidade, José Eduardo Cardozo entregará às autoridades antidrogas da Bolívia, um laboratório para o combate à lavagem de dinheiro e técnicos brasileiros capacitarão bolivianos no uso de softwares.

O Brasil ainda cederá em regime de comodato, quatro helicópteros para que a Bolívia reforce as operações antidrogas na fronteira dos dois países onde também serão instalados radares e empregados veículos aéreos não-tripulados.

Para aprofundar a cooperação, os consulados brasileiro em Santa Cruz de La Sierra e boliviano em São Paulo, receberão agregados policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *