Brasília, 21 de outubro de 2018 - 07h18
Brasil e Espanha aprofundam o diálogo político e a cooperação

Brasil e Espanha aprofundam o diálogo político e a cooperação

11 de outubro de 2018
por: Marcelo Rech

Brasília – Os ministros das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes Ferreira, e de Assuntos Exteriores, União Europeia e Cooperação da Espanha, Josep Borrell, se reuniram na manhã desta quinta-feira, 11, em Madri, com o objetivo de aprofundar o diálogo bilateral no marco da Comissão Ministerial de Diálogo Político Brasil-Espanha, presidida por ambos chanceleres.

De acordo com o Itamaraty, os dois chanceleres reiteraram a disposição de aprofundar a Parceria Estratégica entre Brasil e Espanha com o objetivo de atualizar e fortalecer os compromissos assumidos no Plano de Associação Estratégica de 2003, na Declaração de Brasília sobre a Consolidação da Parceria Estratégica de 2005 e na Declaração de Madri de 2012.

Além disso, destacaram a importância especial que atribuem à conclusão, no menor prazo possível, do Tratado de Livre Comércio entre a União Europeia e o MERCOSUL, que seja, ao mesmo tempo, equilibrado e ambicioso.

No âmbito da cooperação ibero-americana, ambos discutiram diferentes aspectos relacionados com a próxima Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo, a realizar-se em La Antígua, Guatemala, nos dias 15 e 16 de novembro. Brasil e Espanha apoiam, por exemplo, o fortalecimento institucional da Secretaria-Geral Ibero-americana (SEGIB).

Cooperação bilateral

Aloysio Nunes e Josep Borrell também reafirmaram o compromisso com a mobilidade acadêmica, favorecendo o intercâmbio de estudantes, professores e pesquisadores, bem como o estreitamento dos laços entre as instituições acadêmicas brasileiras e espanholas. Neste sentido, coincidiram em que é preciso ampliar eventos, como as feiras "Estudiar en Brasil" e "Estudar na Espanha", a favor do aprofundamento da articulação acadêmica entre os dois países.

Também revisaram a agenda voltada à cooperação em Ciência e Tecnologia, que permitiu o fomento conjunto de cerca de dez projetos bilaterais de pesquisa e inovação, nos últimos três anos, entre o Centro de Desenvolvimento Tecnológico e Industrial da Espanha (CDTI), a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Os dois ministros também expressaram profunda preocupação com as crises política e humanitária na Venezuela e reafirmaram a necessidade de o governo venezuelano assegurar a separação de poderes, o estado de direito e os direitos humanos no país, bem como garantir o direito à manifestação pacífica e libertar os presos políticos.

Por fim, trocaram perspectivas sobre o estado atual do processo de integração sul-americano, especialmente no que tange ao MERCOSUL e à UNASUL.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...