Agenda

Lula confirma viagem ao Haiti
27/01/2010
Alunos carentes poderão estudar na Espanha
27/01/2010

Brasil e EUA em parceria para aprimorar ensino téc

Brasil e EUA em parceria para aprimorar ensino técnico

Com o objetivo de conhecer novas experiências de ensino e melhorar a educação profissional no país, os professores Widomar Carpes, do Instituto Federal de Santa Catarina, Sandro Teixeira e Elton Neves, do Instituto Federal Sul-rio-grandense, vão conhecer a prática do ensino profissionalizante na área de soldas e construção naval nos Estados Unidos.

De acordo com o ministério da Educação, a visita ao San Antonio College, universidade localizada no estado do Texas, faz parte do projeto Brasil-EUA para o fortalecimento da educação profissional e tecnológica, que envolve a embaixada norte-americana e a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec).

O MEC informa que os professores brasileiros vão participar de reuniões e conhecer desde o material didático até a metodologia das aulas relacionadas aos processos de soldagem e construção de navios.

“Queremos ver de perto quais os processos que eles usam, as formas de montagem de navios e as estruturas das aulas e dos laboratórios”, destaca o professor Carpes.

Entre as atividades programadas para o período está uma visita ao porto da cidade de Corpus Christi, também no Texas, que é referência em indústria de construção naval.

“A experiência que trouxermos vai ser aplicada diretamente nas regiões portuárias de Itajaí, em Santa Catarina, e de Rio Grande, no Rio Grande do Sul”, afirma Carpes.

Em Santa Catarina, o instituto está implantando um campus em Itajaí. A instituição gaúcha já possui um campus em Pelotas, próximo à cidade portuária de Rio Grande.

O projeto Brasil-EUA para o fortalecimento da educação profissional e tecnológica vem ocorrendo desde 2007 e abrange todas as regiões do país, cada qual com uma instituição parceira nos Estados Unidos.

A Alamo Colleges é a parceira da região Sul e, por meio dela, três áreas da educação profissional estão sendo aprimoradas: soldas, robótica e permanência e êxito dos alunos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *