Defesa

EUA tem agenda estratégica com o Brasil de olho na crise venezuelana
27/06/2018
Brasil e Alemanha negociam crédito de 150 milhões de euros para projetos de inovação
29/06/2018

Brasil e EUA se reúnem por parcerias na indústria de defesa

Brasília – Representantes dos governo brasileiro e norte-americano e de empresas privadas dos dois países, se reuniram nesta terça-feira, 26, com o objetivo de preparar o 3º Diálogo da Indústria de Defesa, que será realizada em 2019 em local a ser definido. De acordo com o ministério da Defesa, cerca de 100 representantes técnicos discutiram as prioridades de longo prazo e a cooperação entre os dois países no setor. O encontro deu-se na Escola de Guerra Naval, no Rio de Janeiro.

Na oportunidade, foram criados quatro grupos de trabalho distintos, mas complementares, que irão tratar dos obstáculos a regras regulatórias e industriais para o avanço das oportunidades comerciais. Além disso, os técnicos trocaram informações sobre programas governamentais, levantando as necessidades e objetivos dos dois países. Neste último grupo também foram iniciadas discussões sobre cronogramas e domínio de tecnologia.

Para a diretora adjunta para América Latina e Caribe do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, Maria Cameron, um encontro é bem-sucedido quando o tempo acaba, mas ainda há assunto a ser debatido. “Nós somos os dois maiores países do hemisfério, precisamos continuar a trabalhar juntos e construir novas parcerias. Essa interação interpessoal é muito importante para viabilizar essas colaborações”, afirmou.

A equipe de parcerias comerciais discutiu ainda oportunidades de negócios entre empresas e compartilhou referências sobre as indústrias e suas capacidades a fim de identificar lacunas e áreas para futuras colaborações.

O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST), também foi tema do grupo de trabalho “espaço” que se propõe a aproveitar os conhecimentos da indústria para defender os benefícios de acelerar a cooperação entre os dois países no setor. Este assunto foi discutido ainda entre o presidente Michel Temer e o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence.

Diálogo das Indústrias de Defesa

O primeiro Diálogo das Indústrias de Defesa Brasil e Estados Unidos foi realizado em setembro de 2016, no Palácio do Itamaraty, em Brasília. Na oportunidade, os dois países assinaram uma carta de intenção para expandir a parceria bilateral e abrir as portas para potenciais novos negócios entre os setores de defesa.

Em outubro de 2017, em Washington, durante a segunda edição do DID, brasileiros e norte-americanos se encontram mais uma vez para consolidar as parcerias já existentes e definir os alicerces do programa de cooperação binacional de longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *