Brasília, 21 de novembro de 2018 - 13h06

Brasil e Japão terão manuais de prevenção a desast

18 de fevereiro de 2014
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília - Gestores municipais e federais brasileiros e especialistas e técnicos em Defesa Civil do Japão reuniram-se, na semana passada, na sede do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden/MCTI), em Cachoeira Paulista (SP), para identificar os desafios para aprimorar o Plano de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais dentro da temática "Previsão e alertas antecipados" e elaborar manuais para aperfeiçoar o monitoramento e garantir melhores condições de resposta a desastres naturais no Brasil.



Os manuais serão implementados como experiência piloto nas cidades de Nova Friburgo e Petrópolis (RJ) e Blumenau (SC). A ideia é testar a aplicabilidade dos mesmos e avaliar os resultados para fazer os ajustes necessários, de maneira que esses manuais possam ser utilizados nos demais municípios brasileiros.



A reunião foi um desdobramento do 2° Seminário Bousai, realizado em Brasília no último dia 7, quando as experiências japonesas de prevenção a desastres naturais foram apresentadas ao governo brasileiro.



Além de representantes dos municípios onde os manuais serão implantados, também participaram integrantes do Sistema Alerta Rio, do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).



Os japoneses foram apresentados à estrutura organizacional do sistema de prevenção e alerta a desastres naturais, bem como às responsabilidades de municípios, estados e do governo federal para o enfrentamento da questão.



Eles também realizaram visitas técnicas para conhecer o sistema de emissão de alertas e transmissão de informações, as condições de monitoramento de desastres de sedimentos e do compartilhamento de informações.



As atividades integram o acordo de cooperação técnica assinado em 2013, por meio da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica, na sigla em inglês). O primeiro seminário foi realizado no ano passado, em Cachoeira Paulista (SP).



As ações são desenvolvidas em conjunto com os ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Integração Nacional (MI), Minas e Energia (MME), além de estados e municípios.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...