Defesa

Cooperação
05/08/2014
Socialismo?
06/08/2014

FX-2

Brasil e Suécia intensificam a cooperação bilateral

Brasília – Representantes dos ministérios da Defesa do Brasil e da Suécia iniciaram nesta terça-feira, 5, a I Reunião de Incremento de Cooperação de Defesa entre os dois países. O encontro, que acontece no auditório da Administração Central, tem como objetivo estabelecer pontos focais para fortalecer a cooperação entre Brasil e Suécia.

De acordo com o gerente da Seção de Cooperação Internacional do MD, coronel Werner Wilhelm Bonnet, a reunião pretende identificar possíveis áreas de cooperação bilateral, tais como: Defesa Cibernética, Espacial, e Produtos de Defesa. Estão programadas apresentações sobre as estruturas das pastas e das respectivas Forças Armadas, além dos principais projetos de Defesa conduzidos pelos dois países.

A troca de experiência também é um ponto que tanto o Brasil quanto a Suécia desejam explorar até esta quarta-feira, 6. Um exemplo é atuação das Forças Armadas brasileiras em missões de paz e a experiência da Suécia com programas de educação e treinamento na área de Defesa.

O Brasil coopera com vários países, entre eles a África do Sul, Moçambique e a República Democrática do Congo. As contrapartidas brasileiras vão desde a produção de equipamentos de Defesa à capacitação por meio de cursos.

Na próxima terça-feira, 12, a ministra da Defesa da Suécia, Karin Enströn, se reunirá com o ministro Celso Amorim para efetivar as parcerias entre os dois países.

Audiência Pública

Nesta quarta-feira, 6, a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados, realizará audiência pública às 11h para discutir a transferência de tecnologia em projetos estratégicos das Forças Armadas.

Estão confirmadas as presenças do Almirante-de-Esquadra Gilberto Max Roffé Hirschfeld, Coordenador-Geral do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear (PROSUB), do Comando da Marinha; do Coronel Álvaro Koji Imai, Chefe da Seção de Planejamento, Integração e Controle do Departamento de Ciência e Tecnologia Industrial, representando o Ministério da Defesa; e do Brigadeiro-do-Ar José Augusto Crepaldi, Titular da Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC), Programa FX-2 (Aeronaves de Caça Gripen NG) e Programa KC-390 (Aeronave de Transporte de Pessoal e Carga), do Comando da Aeronáutica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *