Relações Exteriores

Brasil e o Mundo: Oportunidades, Ambições e Escolh
06/04/2011
Brasil e China negociam mais dois satélites CBERS
06/04/2011

Brasil e Suécia voltam a debater cooperação bilate

Brasil e Suécia voltam a debater cooperação bilateral

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e a Agência Sueca de Inovação (Vinnova) promovem em São José dos Campos (SP), no dia 8 de abril, o 2º Laboratório de Aprendizagem em Inovação Brasil-Suécia.

 

Durante o evento, representantes de governo, indústria e academia dos dois países voltarão a debater sobre oportunidades de estabelecer projetos tecnológicos conjuntos.

 

O 1º Laboratório de Aprendizagem em Inovação Brasil-Suécia aconteceu em maio de 2010 e debateu sobre diferentes setores para cooperação em pesquisa e desenvolvimento (P&D).

 

Na oportunidade, foram identificadas áreas de interesse comum para projetos inovadores na saúde, materiais de transporte e energia, além da coincubação e internacionalização de empresas de base tecnológica.

 

A segunda edição do laboratório pretende aprofundar os debates nesses temas e identificadas oportunidades de novos projetos tecnológicos conjuntos.

 

Para o diretor da ABDI, Clayton Campanhola, a realização de parcerias em áreas intensivas em conhecimento contribui para o aumento da competitividade da indústria brasileira.

 

Segundo ele, “Brasil e Suécia estabeleceram, em 2009, uma cooperação industrial em áreas estratégicas. O mecanismo dos Laboratórios de Aprendizagem em Inovação é um meio de gerar projetos conjuntos e dar concretude a essa cooperação”.

 

O 2º Laboratório de Aprendizagem em Inovação Brasil-Suécia conta com a parceria dos ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e da Ciência e Tecnologia (MCT), além da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), do Movimento Brasil Competitivo (MBC), do Parque Tecnológico de São José dos Campos e da Embaixada da Suécia no Brasil.

 

Cooperação Brasil-Suécia

 

Entre os resultados da cooperação Brasil-Suécia está a parceria firmada entre a empresa brasileira Vale Solução em Energia (VSE) e a sueca Scania, para desenvolvimento, produção e comercialização de motores a etanol e suas aplicações.

 

O objetivo, de acordo com a ABDI, é viabilizar a utilização de motores pesados a etanol comercial, sem aditivos, com rendimento comparável aos motores diesel e com baixíssimas emissões de CO2 orgânico.

 

A VSE nasceu em 2007 a partir da associação entre a mineradora Vale e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

O foco da empresa está no desenvolvimento, industrialização e comercialização de sistemas completos de geração distribuída de energia limpa. Seus produtos caracterizam-se pelo uso de fontes renováveis, como etanol, carvão vegetal, resíduos e biomassa.

 

“A solução tecnológica desenvolvida pela VSE para a Scania mostra a capacidade brasileira de liderar projetos tecnológicos conjuntos. Trata-se de uma cooperação que beneficiará Brasil e Suécia, com aplicações que podem ser aproveitadas ao redor do mundo, como alguns países da África que buscam alternativas para transmissão e distribuição de energia”, avalia Campanhola.

 

As áreas de tecnologias renováveis e energias limpas estão entre as mais promissoras no que se refere à liderança brasileira em cooperações internacionais e internacionalização de empresas. O gerente de Assuntos Internacionais da ABDI, Roberto Alvarez, explicou que “a ABDI e a Vinnova estudam formas de apoiar projetos nesses setores e certamente este assunto fará parte das discussões do 2º Laboratório de Aprendizagem em Inovação Brasil-Suécia”.

 

A cooperação Brasil-Suécia também conta com atividades e missões técnicas promovidas pelo Projeto de Apoio à Inserção Internacional de Pequenas e Médias Empresas Brasileiras (PAIIPME), especialmente no setor aeroespacial.

 

Executado pela ABDI, o PAIIPME realizou uma missão técnica à Suécia na qual se verificou competências empresariais e programas governamentais de apoio ao setor aeroespacial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *