Brasília, 13 de novembro de 2018 - 01h41

Brasil e Venezuela instalam Comissão de Comércio

03 de agosto de 2010
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasil e Venezuela instalam Comissão de Comércio



 



Será realizada na tarde desta quarta-feira, 4, em Caracas, na Venezuela, a primeira reunião com o objetivo de instalar uma Comissão de Monitoramento do Comércio Bilateral Brasil-Venezuela.



 



A instalação desta comissão precede a realização da primeira reunião bilateral entre os dois países.



 



O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Ivan Ramalho, chefiará a delegação brasileira e a delegação venezuelana será comandada pela vice-ministra de Comércio Exterior, Carlina Pacheco Medina.



 



Durante a reunião, serão feitas a apresentação, a discussão e a posterior assinatura do Termo de Referência com os detalhes do funcionamento da Comissão de Monitoramento que, a exemplo do que acontece entre o Brasil e outros países, terá reuniões periódicas para resolver problemas pontuais do comércio bilateral.



 



Entre os assuntos que serão discutidos na reunião, estão:



- Inteligência comercial para produtos venezuelanos exportáveis: estudo que demonstra quais os produtos venezuelanos que podem ser competitivos no mercado brasileiro;



- Mecanismo de facilitação do comércio entre Brasil e Venezuela: avaliação das possibilidades de troca de experiências e discussão de alternativas para facilitar o comércio bilateral;



- Como exportar para o Brasil: apresentação dos procedimentos necessários;



- Cooperação para intercâmbio de informações estatísticas de bens e de serviços: assunto tradicional nas comissões de monitoramento.



 



Análise do comércio bilateral



 



Nos primeiros seis meses de 2010, as exportações brasileiras para a Venezuela aumentaram 7% em relação ao mesmo período de 2009, totalizando US$ 1,778 bilhão.



 



Apesar do crescimento, a participação venezuelana nas exportações totais do Brasil teve queda de 2,37% para 1,99%.



 



Já as importações brasileiras da Venezuela, aumentaram 135,4% em relação aos primeiros seis meses de 2009, ao passarem de US$ 197 milhões para US$ 465 milhões.



 



A corrente de comércio, no acumulado semestral de 2010, totalizou US$ 2,243 bilhões, ficando 20,7% acima do valor registrado em 2009, de US$ 1,859 bilhão.

Assuntos estratégicos

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...
Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...