Defesa

Comércio Exterior
22/11/2015
Livre Comércio
22/11/2015

Missões de Paz

Brasil firma Memorando de Entendimento em Defesa com a Finlândia

Brasília – O ministério da Defesa firmou na quinta-feira, 19, Memorando de Entendimento em Defesa com a Finlândia, nas áreas de pesquisa, apoio logístico e aquisição de produtos e serviços. O memorando de cooperação foi assinado durante encontro do ministro da Defesa, Aldo Rebelo com o vice-ministro da Finlândia, Arto Räty.

De acordo com Aldo Rebelo, as empresas finlandesas que atuam no Brasil geram tributos e mais de 60 mil empregos. “São empresas de referência e queremos que essa experiência seja ampliada na área de defesa”, afirmou.

O ministro lembrou ainda que os dois países têm preocupações semelhantes por serem pacíficos, sem interesses hegemônicos no mundo, mas com interesse em um sistema de defesa capaz de proteger a soberania e os povos. “Não existe Política de Defesa sem indústria de defesa, sem pesquisa e sem tecnologia. Nós temos como encontrar uma forma de cooperação com desafios em comum. Podemos fazer parte disso conjuntamente”, explicou.

O vice-ministro da Finlândia disse que a diferença marcante entre os dois países é a extensão territorial, mas que são países com grandes sinergias. “A distância não importa mais. O que acontece na Ásia, na África, afeta todos nós”, comentou.

Já o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos De Nardi, revelou que “o memorando é o primeiro passo para chegarmos a um acordo bilateral para entrada de produtos no Brasil e na Finlândia e que poderá ser complementado”.

O documento prevê a promoção da cooperação em assuntos relativos ao desenvolvimento de capacidades de defesa, com ênfase na área de pesquisa e desenvolvimento, de apoio logístico e de aquisição de produtos e serviços de defesa; compartilhamento de conhecimentos e habilidades nas áreas de ciência e tecnologia; colaboração em sistemas e equipamentos no campo da defesa; e cooperação em outras áreas no domínio do desenvolvimento de capacidades de defesa que possam ser de interesse para os países.

Com o memorando, Brasil e Finlândia também poderão explorar outras áreas, como educação e treinamento militar, e experiências adquiridas em operações das Forças Armadas, incluindo exercícios internacionais e operações de paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *