Brasília, 10 de dezembro de 2018 - 08h03

Ágata 9

06 de agosto de 2015
por: InfoRel
Compartilhar notícia:

Brasília – O embaixador do Brasil em Assunção, José Eduardo Felício, reuniu-se nesta quarta-feira, 5, com o ministro de Relações Exteriores do Paraguai, Eladio Loizaga, para entregar uma nota diplomática onde o Itamaraty afirma que está investigando se houve ou não violação da soberania paraguaia com o ingresso de militares brasileiros naquele território em Salto del Guairá. Eles teriam trocado tiros com contrabandistas paraguaios, o que gerou uma nota de protesto por parte de Assunção.



De acordo com a chancelaria paraguaia, na nota, o Brasil informa que a Marinha está averiguando já que teriam sido militares da Força os envolvidos no episódio. Por outro lado, o Brasil reafirma que pretende intensificar a cooperação com o Paraguai no combate ao crime organizado transfronteiriço.



Antes, Loizaga se reuniu com o ministro da Defesa, Bernardino Soto Estigarribia e membros da Comissão de Relações Exteriores da Câmara de Deputados do Paraguai, que cobram explicações das autoridades do país a respeito do ocorrido por ocasião da Operação Ágata 9.



Eladio Loizaga explicou que na semana passada, convocou o embaixador do Brasil no Paraguai para expressar a posição do seu governo ante o que chamou de “flagrante violação fluvial do Paraguai”. Aos parlamentares, garantiu que o governo está cobrando as devidas explicações do Brasil.



“Lamentamos e eles (Brasil) concordam, que isto tenha ocorrido num momento em que o relacionamento paraguaio-brasileiro é muito bom. Temos projetos excelentes, projetos de cooperação, inclusive entre as respectivas Forças Armadas, de forma permanente e proveitosa”, assinalou Loizaga.



O chanceler explicou ainda que a nota de protesto entregue ao embaixador brasileiro e encaminhada ao Itamaraty, foi elaborada após consultas com o comandante da Marinha paraguaia e o ministro da Defesa daquele país. Ele espera que o Brasil considere as informações oferecidas pelas autoridades militares paraguaias na condução das investigações em Brasília.



O ministro da Defesa, Bernardino Estigarribia afirmou que “o ingresso se produziu em águas territoriais paraguaias, por isso pode-se afirmar que houve uma transgressão às normas internacionais e uma violação da soberania nacional”.



José Eduardo Felício destacou que o Brasil segue buscando informações a respeito e que o país pretende ver o assunto resolvido o mais rapidamente possível. “Demos todas as garantias de que vamos continuar com a nossa cooperação, sobretudo, no combate aos crimes transnacionais na fronteira, o combate ao narcotráfico e ao contrabando. Isso é o que nos interessa e vamos seguir trabalhando nesta direção”, afirmou Felício.



Cooperação



Brasil e Paraguai acabam de concluir mais uma etapa da cooperação em Defesa com os exercícios conjuntos realizados pelo Pelotão Químico, Biológico, Radiológico e Nuclear (QBRN), do Exército, com membros da Comissão Nacional de Prevenção e Respostas a Emergências Biológicas (CONAPREB) e o Comando de Operações de Segurança do Regimento Escolta Presidencial, durante a visita àquele país do Papa Francisco, em julho.



Os exercícios têm como objetivo, fortalecer a cooperação entre as forças paraguaias e brasileiras para dar respostas efetivas e oportunas em operações de prevenção e respostas ante ameaças provocadas por agentes QBRN em eventos de grande visibilidade.



O pelotão brasileiro composto por 30 técnicos militares, aterrissou no Paraguai com sete toneladas de equipamentos para operações químicas, biológicas, radiológicas e nucleares. No Centro de Treinamento Conjunto de Operações de Paz (CECOPAZ), houve uma demonstração sobre tais ameaças. 


Assuntos estratégicos

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasil defende aprovação de lei que congela bens de terroristas

Brasília – O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, defendeu nesta...
Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Paraguai intensifica combate a grupos criminosos do Brasil

Brasília - O governo do Paraguai intensificou o combate das ramificações das...
Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Radares aéreos são instalados para combater tráfico de droga e armas

Brasília - O Brasil vai instalar três radares aéreos para o controle de voos de...
Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Governo brasileiro oficializa extinção da binacional espacial criada com Ucrânia

Brasília - O governo brasileiro encaminhou ao Congresso Nacional a Medida Provisória...
ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

ABIN defende constitucionalização da Inteligência e alerta para ameaças

Brasília – O Diretor-Geral da Agência Brasileira de Inteligência,...
Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Especialistas apoiam adesão do Brasil à Convenção Internacional contra o Terrorismo Nuclear

Brasília – Com cerca de 30 instalações nucleares e 3.000 fontes de...
Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasil firma acordo para facilitar exportação de alimentos para a China

Brasília - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações...
Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Câmara de Comércio Árabe Brasileira quer trabalhar com governo do Brasil

Brasília – Apesar do anúncio feito pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, de...
Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Política Externa do novo governo desata críticas ao presidente eleito

Brasília – Os primeiros anúncios feitos pelo presidente da República...
CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

CREDN realizará audiência sobre a importância da Inteligência de Estado para o Brasil

Brasília – A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional...