Brasília, 18 de outubro de 2018 - 03h20

Brasil irritado com atraso na construção de rodovi

02 de dezembro de 2011
por: InfoRel

Brasília - O Primeiro-Secretário da embaixada do Brasil em La Paz, Eloy Ritter, afirmou nesta quinta-feira, 1, que os problemas surgidos em torno da construção do segundo trecho da rodovia Villa Tunari - San Ignácio de Moxos causam irritação no governo brasileiro.



De acordo com o diplomata, a construção da via entre os departamentos de Beni e Cochabamba não seria o único problema que preocupa o Brasil em sua relação com a Bolívia.



Segundo ele "sempre há problemas nas relações entre os países. Mudamos nosso governo e temos que nos acomodar um pouco com a forma do novo governante. A rodovia Villa Tunari - San Ignácio de Moxos é um dos problemas, mas não é o único".



Ritter explicou que o tema da construção da rodovia que foi entregue à empresa brasileira OAS, está sendo negociado de maneira reservada entre os dois governos no mais alto nível de coordenação.



Por outro lado, ressaltou que as relações entre Brasil e Bolívia estão mais fortes que antes devido ao melhoramento das relações comerciais e os acordos bilaterais assinados recentemente.



"Acredito que as relações entre Brasil e Bolívia estão cada vez mais estreitas, então possivelmente vamos aumentar a nossa cooperação. Claro que temos problemas nas relações como todos os países, mas a Bolívia é muito importante para o Brasil", concluiu.

Assuntos estratégicos

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Comunicado Conjunto dos Chanceleres da Espanha e do Brasil

Os chanceleres de Espanha, Josep Borrell, e do Brasil, Aloysio Nunes, mantiveram encontro de...
Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Declaração do G4 sobre a reforma do Conselho de Segurança da ONU

Em 25 de setembro de 2018, Sua Excelência a Senhora Sushma Swaraj, Ministra das...
Comunicado Conjunto do BRICS

Comunicado Conjunto do BRICS

Os Ministros das Relações Exteriores/Relações Internacionais do BRICS...