Equador adquire helicópteros franceses para o Exér
12/12/2011
OEA apóia Cúpula Antidrogas proposta por Peru
13/12/2011

Ciência Sem Fronteiras

Brasil lança programa com 100 mil bolsas de estudo no exterior

Brasília – A presidente Dilma Rousseff assinou nesta terça-feira, 13, ato que cria o programa Ciência Sem Fronteira. O programa vai beneficiar 100 mil jovens brasileiros que poderão realizar cursos de graduação e pós-graduação em universidades dos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Itália, França e Canadá. Em 2012, 12,5 mil estudantes universitários serão selecionados.

Até 2014, serão oferecidas 100 mil bolsas, sendo 75 mil com a cobertura do governo federal e 26 mil oferecidas pela iniciativa privada. O programa terá um orçamento de R$ 3,5 bilhões. As inscrições vão de 13 de dezembro de 2011 até 15 de janeiro de 2012.

No primeiro edital lançado de forma experimental, foram selecionados 1.500 alunos de um total de 7 mil inscritos. Os primeiros 841 embarcam em janeiro para os Estados Unidos. O restante seguirá em julho.

Os Estados Unidos receberá um total de 18 mil bolsistas, sendo 4,5 mil apenas em 2012. Também para o próximo ano, o Reino Unido e a Alemanha receberam 2,5 mil, Itália e França, 1,5 mil e o Canadá, 200.

De acordo com o ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, os bolsistas terão a oportunidade de estudar nas melhores universidades do mundo. A qualidade das instituições foi uma exigência pessoal da presidente.

Com o objetivo de atrair jovens cientistas e pesquisadores seniores, o governo também lançou dois editais para atrair e estimular a fixação, no Brasil, de jovens pesquisadores residentes no exterior, preferencialmente brasileiros, que tenham destacada produção científica e tecnológica.

O segundo, Pesquisador Visitante Especial (PVE), busca fomentar o intercâmbio e a cooperação internacional visando o fortalecimento das pesquisas em temas prioritários por meio de parceria com lideranças internacionais. O objetivo é trazer para o Brasil pesquisadores de alto nível, que se destacam na área onde atuam inclusive ganhadores do Prêmio Nobel.

Tecnólogos

Já a chamada pública Curso Superior de Tecnologia Sanduíche no Canadá (Tecnólogo Sanduíche), voltada a estudantes de instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, permitirá a realização de estudos e estágio em instituições de ensino do Canadá. A seleção dos alunos será feita pelas instituições de destino.

O candidato, depois de pré-selecionado pela instituição, deverá se inscrever no site do Programa Ciência sem Fronteiras, por meio do formulário on-line disponível no site www.cienciasemfronteiras.gov.br e enviar a documentação descrita no edital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *